ArcelorMittal investe R$ 144 milhões para ampliar produção em Sabará (MG)

Expansão da empresa visa atender demandas da indústria e do setor automotivo; empresa chega a R$ 4,5 bilhões de aportes anunciados em Minas.

A ArcelorMittal Brasil firmou, na última quarta-feira (1), compromisso para ampliar as suas atividades no estado de Minas Gerais. Com a presença do governador do estado Romeu Zema, a empresa anunciou a ampliação da unidade de Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, com um aporte de R$ 144 milhões até 2024. Com isso, a empresa chega a R$ 4,5 bilhões em expansões anunciadas recentemente para plantas em Minas Gerais.

De acordo com o projeto, a unidade de Sabará terá capacidade aumentada em 35% para oferecer soluções de alto valor agregado para os setores automotivo e da indústria. Com a aquisição de dois novos equipamentos automatizados para a trefilação, a ArcelorMittal ampliará seu portfólio de soluções em aço para o mercado de molas, amortecedores, parafusos, fixadores e outros produtos da indústria.  

A expansão permitirá a geração de cerca de 90 empregos temporários a partir do 2º semestre de 2022, durante as obras civis para a readequação dos galpões para as máquinas. A produção será voltada prioritariamente para o mercado interno.

“O investimento reforça a nossa posição no mercado brasileiro e incrementa a competitividade da empresa nos setores automotivo e da indústria. É bom destacar que nove dos dez veículos mais vendidos no Brasil utilizam aço produzido na unidade de Sabará”, explica Jefferson De Paula, presidente da ArcelorMittal Brasil e CEO da Aços Longos e Mineração Latam.

Em novembro de 2021, a empresa já havia anunciado investimentos em ampliações de duas outras unidades em Minas Gerais: R$ 2,5 bilhões, em João Monlevade, e mais R$ 1,8 bilhão na usina de Serra Azul (Itatiaiuçu), com previsão de geração de 1.350 empregos diretos no total. Os aportes serão feitos também até 2024.




Comentários