Usinagem de precisão: Crescimento à vista

Pesquisa da Grand View Research indica crescimento mundial para o setor, tendências e desafios.

Publicada no final de 2021, a pesquisa da Grand View Research traz a tendência: o mercado de máquinas de engenharia de precisão — também conhecida como usinagem de precisão — deve ter uma taxa de crescimento composta de 6,6% ao ano até 2028.

A motivação também é clara: a otimização dos processos, pela exatidão na fabricação, resulta em eficiência de produção e redução de custos com material. Mesmo com esses benefícios e avaliado em U$$ 11,8 bilhões em 2020, o setor ainda enfrenta algumas dificuldades. 

As duas destacadas na pesquisa são a redução do poder de investimento das empresas com a pandemia da Covid-19 e a falta de mão de obra capacitada para a operação do maquinário, o que pode resultar em prejuízos, e ainda o valor dessa capacitação da equipe, que também é alto. 

Usinagem de precisão no Brasil

No exterior, o segmento não automotivo fechou 2020 com mais de 78% de participação nesse crescimento. No Brasil, as indústrias automotivas, principalmente as que produzem linhas de veículos pesados, têm grande participação na expansão da usinagem de precisão. 

Um exemplo recente é a Mercedes-Benz do Brasil. Em 2020, em uma parceria com a Dürr, a fabricante automotiva renovou a linha de produção de chassis por meio de veículos guiados automatizados (AGVs). Foram 15 mil horas de trabalho, com investimento em engenharia, tecnologia, conectividade e processamento de dados para criar um processo único capaz de produzir chassis que vão de micro-ônibus a ônibus articulados, independentemente da variação de tamanho e peso. 


Continua depois da publicidade


De acordo com informações da assessoria de imprensa da Dürr, o tempo de produção — do início à conclusão com a colocação do motor — foi reduzido em 12%. Tudo isso com segurança e eficiência na implantação, pois os resultados foram simulados em um ambiente virtual antes de colocar a linha em operação. 

O que é usinagem de precisão? 

É o setor que investe no desenvolvimento de máquinas e tecnologias para a produção de peças ou conjuntos usinados com extrema precisão, em formatos e medidas diversificadas para atender os vários tipos de clientes e necessidades. 

A ideia é que uma única máquina de engenharia de precisão, por meio da tecnologia e do processamento de dados, possa produzir com perfeição as peças necessárias para que uma linha de produção rode de maneira eficiente, com menos paradas, redução no desperdício de matéria-prima e peças, entre outros.




Comentários