ZF Aftermarket registra um dos seus melhores momentos na área de reposição de peças

Com o intuito de “dominar” os desafios do futuro, a ZF Aftermarket realiza estudos do mercado aprofundados para antecipar tendências de crescimento em cada segmento de atuação. A estratégia tem surtido efeito, afinal, a empresa registra um dos seus melhores momentos na área de reposição de peças no Brasil.

De acordo com Reynaldo Contreira, novo Head da ZF Aftermarket na América do Sul, em 2021 a empresa obteve crescimento de mais de 26% no mercado de reposição do Brasil e a perspectiva de crescimento para 2022 é de cerca de 12%. A empresa tem lançado cerca de mil novos produtos por ano para garantir  ampla cobertura para a frota de veículos leves, pesados, e atender às necessidades de varejistas e distribuidores. 

Outros fatores que contribuem para o crescimento da empresa é a melhoria contínua nos processos logísticos do centro de distribuição de Itu, SP, a forte presença no ambiente digital e as ações de fidelização juntos aos clientes. Além disso, em 2020, teve a integração com a WABCO, adquirida pela ZF. Agora o Grupo possui 157 mil colaboradores em 188 localizações em 31 países (dados de 2021).

“Com a integração, a ZF se tornou o maior fornecedor para veículos comerciais da indústria em todo o mundo, com impactos diretos no mercado de reposição do Brasil e América do Sul”, afirma Contreira.

O alto número de vendas de veículos de passeio usados foi um dos motivos que impactaram positivamente o Grupo, porque houve maior necessidade de manutenção preventiva e corretiva.

A  ZF também tem investido na experiência dos clientes com os programas Amigo Bom de Peça, Amigo Bom de Venda, Promotor Bom de Peça e a mais recente das plataformas, a Oficinas ZF [pro]Tech, que garante inserção em toda a cadeia.

O portfólio da empresa possui cerca de 20 mil produtos em linha nas áreas de freios, suspensão, direção, amortecedores e transmissões. Além disso,  em 2022, a ZF Aftermarket pretende ampliar sua presença em outros nichos, como nas áreas agrícola e marítima, com reforço de portfólio na área ferroviária, onde ingressou em 2021. 


Continua depois da publicidade


*Com informação da Assessoria de Imprensa da ZF Aftermarket.




Comentários