Fornecedora da indústria automotiva deve investir R$ 170 milhões no ES

Iniciativa do Grupo Hübner pode gerar 550 postos de trabalho na região de Linhares.

Na última quinta-feira, dia 07 de abril, o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, participou de reunião com representantes do Grupo Hübner, no Palácio Anchieta, em Vitória, onde foi acordado um protocolo de intenções entre o Governo do Estado e o Grupo, que atua na área de fundição, usinagem e montagem.

A fornecedora da indústria automotiva paranaense planeja instalar um Parque Industrial no município de Linhares e, com isso, há uma expectativa de 550 postos de trabalho na região. O valor estimado do investimento é de R$170 milhões e as atividades englobam linhas de montagem de eixos rodoviários para atendimento do mercado local e possível exportação; e atividades produtivas de fundição de ferro e aço, usinagem e montagens.

O encontro marcou o pontapé inicial para a realização de análises e estudos com o objetivo de viabilizar a instalação e operação de atividades empresariais da empresa.Outra ação firmada é a criação de um grupo de trabalho composto por integrantes da Secretaria de Inovação e Desenvolvimento(Sectides), do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes) e da Secretaria da Fazenda (Sefaz), que tem como finalidade, unir esforços para facilitar a instalação da empresa.

De acordo com o diretor-presidente do Bandes, Munir Abud de Oliveira, a expansão do Grupo Hübner para o Espírito Santo contribuirá com o desenvolvimento local.  “A atração de novos negócios para o Estado é reflexo do ambiente de negócios favorável que o Governo tem fomentado. O investimento tem potencial para gerar novas oportunidades de negócios e contribuir para o desenvolvimento do parque industrial na região. O Bandes tem a missão de contribuir com soluções financeiras na busca de novos negócios que possam acelerar o desenvolvimento econômico capixaba. Estamos preparados para atender a vinda de novos empresários para o Estado e, por isso, elaboramos produtos modernos, inovadores e que podem contribuir para a retomada do investimento no Estado”, ressaltou o diretor-presidente do Bandes.




Comentários