Cervejaria prevê investimento de R$ 2 bi para construção da primeira fábrica fora da Espanha em SP


Continua depois da publicidade


A corporação espanhola Hijos de Rivera, dona da marca de cervejas Estrella Galicia, anunciou que São Paulo receberá a primeira e única fábrica da companhia fora da Espanha. Ela será construída em Araraquara, cidade do interior a cerca de 270 quilômetros da capital. 

O grupo conta com assessoria da InvestSP, a Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade, na implementação do projeto. Ela auxiliou a cervejaria na localização da área que atendia às necessidades para a instalação da nova fábrica e participou de discussões ambientais relacionadas à disponibilidade hídrica, questão fundamental para a operação da planta. 

“A escolha de Araraquara para receber a primeira fábrica da Estrella Galicia fora da Espanha mostra a competitividade do interior de São Paulo na atração de investimentos. Serão gerados 400 novos empregos na unidade, impactando positivamente toda a economia da região. Outro ponto importante, na implementação da cervejaria, é o respeito ao meio ambiente. Temos buscado para São Paulo projetos que desenvolvam seus negócios de maneira sustentável, pois é isso que garantirá o crescimento da economia paulista no longo prazo”, disse o presidente da InvestSP, Gustavo Diniz Junqueira. 

A ideia do grupo Hijos de Rivera é que a nova unidade produtora seja um modelo de fábrica sustentável na esfera ambiental e com a adoção de boas práticas desde a matéria-prima até a experiência de consumo dos clientes, com o compromisso de gerar riqueza e prosperidade para a comunidade. 

A unidade de Araraquara contará com o que há de mais moderno na área da sustentabilidade e com as mesmas tecnologias que fizeram a marca atingir, no começo do ano, a meta de emissão zero de carbono em suas principais instalações. Isso foi possível com a adoção de uma matriz energética mais limpa, com geração de biogás, utilização de energias renováveis, centrais fotovoltaicas e veículos híbridos, por exemplo. 


Continua depois da publicidade


A estimativa de investimento na construção da unidade, que deve ficar pronta no fim de 2023, é de R$ 2 bilhões. Devem ser gerados ao menos 400 empregos na operacionalização da fábrica. 

“Estou muito feliz por darmos esse passo tão importante para nossa empresa, aquela que será nossa segunda fábrica no mundo, no Brasil. É sem dúvida um sonho e esperamos que, juntos, façamos ele se tornar realidade em 2023”, disse o CEO Global da Estrella Galicia, Ignacio Rivera. 

A Estrella Galicia comercializa seus produtos no mercado brasileiro desde 2011, com um volume de vendas atual no país de cerca de 160 mil hectolitros por ano. Quando a fábrica de Araraquara estiver concluída, a capacidade de produção será de 3 milhões de hectolitros por ano. 




Comentários