Mais opções para o planejamento e a operação da ponte rolante. Ampliação do sistema modular Demag KB

Com muitas novidades, a Demag amplia as possibilidades de uso e de variação do sistema modular de uso universal KBK. Os protagonistas são componentes com alta capacidade de carga, o melhor aproveitame


Continua depois da publicidade


Ampliação do sistema modular Demag KBK

  • Demag KBK: Novo olhal de suspensão e mecanismo de translação potente para ponte rolante monoviga de até 2.000 kg
  • Ainda mais compacto: Dimensões menores de aproximação, altura de construção reduzida
  • KBK Aluline: Distância de suspensão maior devido à introdução de suspensões mais resistentes

Com muitas novidades, a Demag amplia as possibilidades de uso e de variação do sistema modular de uso universal KBK. Os protagonistas são componentes com alta capacidade de carga, o melhor aproveitamento do espaço e menos requisitos para a instalação.

O sistema de elevação leve modular KBK Demag é a solução modular feita sob medida e perfeita para executar içamentos, movimentações e manuseio de componentes. O planejador pode adequar o sistema perfeitamente aos processos de trabalho, à carga transportada e a praticamente todas as circunstâncias estruturais imagináveis. Com o KBK Demag, é possível conceber grandes conceitos intralogísticos para linhas de produção e montagem completas com a mesma simplicidade e ergonomia de postos de trabalho individuais.

Pontes rolantes monoviga de até 2.000 kg

Dentre as novidades no programa estão as novas suspensões, que estão mais fortes, e os novos mecanismos de translação, aprimorados. Agora, as pontes rolantes monoviga KBK poderão ser usadas com uma capacidade de carga de até 2.000 kg. Até então, uma demanda nessa faixa de capacidade de carga só podia ser atendida por pontes rolantes dupla viga. A vantagem do modelo monoviga é a possibilidade de se adotar pontes rolantes ainda mais leves e compactas.

O usuário da nova ponte rolante monoviga no sistema KBK poupa espaço em dobro, pois, em vez dos dois mecanismos de translação duplos conectados por uma travessa, que eram necessários até então, hoje ele pode adotar um único mecanismo de translação duplo. Isso significa que: A dimensão de aproximação das pontes é nitidamente menor, resultando em um aproveitamento melhor do espaço.


Continua depois da publicidade


Dimensões de aproximação reduzidas agora também podem ser adotadas em pontes rolantes monoviga da série KBK Aluline. Afinal, nesse sistema a ponte rolante monoviga KBK A22 é oferecida com uma capacidade de carga de 2.000 kg. Uma vez que, em um sistema de elevação leve KBK, é possível mover múltiplas pontes sobre o mesmo caminho de rolamento, para evitar colisões continuam sendo usados mecanismos de translação duplos. No mecanismo de translação da talha é possível realizar uma variante ainda mais compacta: o novo mecanismo de translação simples permite dimensões de aproximação menores, e, portanto, um melhor aproveitamento do espaço.

Maiores distâncias de suspensão - mais flexibilidade

Outra novidade no programa KBK Aluline é uma suspensão com capacidade de carga maior (até 2.400 kg) para o maior perfil de caminho de rolamento A22. Ela amplia as possibilidades para o planejamento com o KBK Aluline em duas direções: agora, o sistema também pode ser usado com pontes rolantes de até duas toneladas de capacidade de carga, o que pode ser realizado de forma mais simples em associação com o novo mecanismo de translação. Também é possível executar distâncias de suspensão maiores no caminho de rolamento, mesmo com várias pontes no mesmo caminho. Um exemplo concreto com quatro pontes de 500 kg sobre um caminho de rolamento: até então, a distância máxima entre duas suspensões era de 1.841 mm. Devido as novas suspensões, essa distância agora pode ser ampliada até 3.573 mm. Com isso, os planejadores obtêm maior flexibilidade já na fase do projeto. Além disso, o esforço de instalação e os custos de montagem relacionados são reduzidos significativamente.

Antes, a Demag já havia ampliado as possibilidades de seu configurador online. Ele permite selecionar pontes rolantes biviga com ponte levantada em combinação com linha condutora interna para uma translação elétrica da ponte rolante. Essa ampliação do sistema modular mira nas aplicações KBK em ambientes de altura limitada e percurso do gancho maior. Aqui o foco é, também, o aproveitamento ideal do espaço disponível. Essa forma construtiva com ponte elevada e percurso do gancho com máximo aproveitamento também está disponível para o sistema KBK Aluline.

Limitação de trajetória de fácil montagem

Outra novidade destaca o princípio da modularidade do KBK Demag. Devido à limitação de curso, que pode ser utilizada em qualquer lugar, os operadores podem instalar uma limitação nos eixos de translação, a qualquer momento, rapidamente. Isso permite restringir os trajetos das pontes e talhas, caso necessário, e também temporariamente, além de aumentar a segurança na operação da ponte de acordo com as exigências.

Com essas novidades, a Demag disponibiliza aos usuários de sistemas de elevação leve peças novas e práticas.

Jorge Silva, Diretor Comercial da América Latina: “Nossos clientes valorizam o Sistema Modular KBK Demag para a realização de suas instalações de pontes rolantes nos postos de trabalho individuais com ergonomia. O destaque aqui fica por conta, principalmente, do apreço à alta flexibilidade e à modularidade de um sistema abrangente que atende a todos os segmentos.

O KBK Demag é usado para aplicações de içamento e transporte de cargas de 80 kg a 3,2 toneladas. Com o sistema modular KBK oferecemos aos nossos clientes, sempre, soluções ideais e sustentáveis, que crescem junto com a produção do cliente e que podem ser adequadas a todo momento.”

A Demag apresenta múltiplas novidades para seu sistema de elevação leve KBK. Elas focam em oferecer capacidade de carga maior com planejamento e montagem simplificados.




Comentários