Porsche criará joint venture com fabricante alemã de baterias


Continua depois da publicidade


A Porsche AG, unidade de carros esportivos de luxo da Volkswagen, está estabelecendo uma joint venture com a Customcells para produzir baterias de alto desempenho que reduzirão significativamente os tempos de carregamento, disse a empresa no domingo (20).

A parceria com a Customcells, empresa do sul da Alemanha especializada em células de íon-lítio, terá como objetivo produzir baterias automotivas com maior densidade de energia do que os protótipos usados ​​nos atuais carros elétricos da Porsche, informou a empresa em um comunicado.

As montadoras europeias estão pressionando para reduzir sua dependência da Ásia para baterias à medida que lançam modelos totalmente elétricos para atender a metas de emissões mais rígidas na União Europeia.

Além de reduzir o tempo de carregamento, melhorar a densidade de energia significará reduzir a quantidade de matéria-prima necessária nas baterias para atingir o mesmo alcance. Também reduzirá os custos de produção da bateria, tornando os carros elétricos mais acessíveis.

A Porsche disse que vai investir uma alta soma de dois dígitos de milhões de euros na joint venture na qual terá 80%.

A unidade de produção pretende ter uma capacidade de 100 quilowatts-hora, o que se traduzirá em cerca de baterias suficientes para 1.000 carros por ano.

O presidente-executivo da Porsche, Oliver Blume, disse em abril que a empresa queria acelerar seu movimento de e-mobilidade com planos para uma fábrica alemã em Tuebingen para fabricar células de bateria. Naquela época, ele não disse se a Porsche buscaria um parceiro em uma joint venture.

A Customcells está sediada em Tuebingen.

A Volkswagen, empresa controladora da Porsche, disse que planeja construir meia dúzia de fábricas de células de bateria em toda a Europa e expandir a infraestrutura para carregar veículos elétricos em todo o mundo.




Comentários