Siderúrgica Ternium investe R$ 230 milhões em parque industrial no Rio de Janeiro

A Ternium Brasil, exportadora de aço, está investindo R$ 230 milhões para aumentar a produtividade e reduzir os custos de produção em seu parque industrial no Rio de Janeiro, segundo informações da coluna de Mariana Barbosa, no jornal O Globo. 

Este é o maior investimento da empresa desde que o grupo italiano chegou ao Brasil, em 2017, adquirindo a Companhia Siderúrgica do Atlântico Sul (CSA).

Com alta demanda de comodities no mundo e operação em plena capacidade, a Ternium Brasil pretende investir R$ 180 milhões para ampliar o uso de carvão pulverizado injetável (PCI, da sigla em inglês) nos dois Altos Fornos da usina de Santa Cruz, reduzindo o consumo de coque.

As obras para ampliar o uso do PCI devem ser concluídas no terceiro trimestre e contam com a mão-de-obra de 360 trabalhadores.

Neste ano, a empresa também investiu R$ 50 milhões para tornar a sua área de coqueria mais eficiente energeticamente, ampliando a produção de 35 para 40 toneladas de vapor por hora por caldeira, segundo a colunista.

"Esses investimentos representam aumento de eficiência e de competitividade, o que é fundamental para nos mantermos competitivos globalmente", diz Marcelo Chara, CEO da Ternium Brasil.

A empresa destina 80% de uma produção de 5 milhões de toneladas para fora do país e prevê novos investimentos de R$ 500 milhões em projetos ambientais até 2030.




Comentários