Petrobras recebe autorização para fornecer biocombustível na Fórmula 1

Fonte: Agëncia Brasil - 15/10/07

O presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, e a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, anunciaram hoje (ontem) que a estatal recebeu autorização da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) para se tornar a primeira fornecedora de biocombustível da Fórmula 1.

A Petrobras é responsável pelo fornecimento de combustível à equipe Williams. No ano passado, a Federação Internacional de Automobilismo estabeleceu que, a partir de 2008, os combustíveis usados nos carros de Fórmula 1 tenham 5,75% de combustível de origem renovável adicionado à gasolina.

“Como disse um técnico da Petrobras, a Fórmula 1 costuma estar na vanguarda das melhorias e modificações no que se refere a combustíveis, que os avanços saem dessas competições para os nossos carros", destacou Dilma Rousseff, durante a Petrobras Esporte Motor, no Aterro do Flamengo, zona sul do Rio. "Mas agora, a inovação está saindo dos carros para a Fórmula 1. Isso sinaliza a importância que tem o Brasil no cenário dos biocombustíveis e reforça o  nosso protagonismo nesse setor.”

Num ato simbólico, a ministra abasteceu um carro de Fórmula 1 da equipe Williams com o novo combustível aditivado com fontes renováveis. Para o coordenador técnico do programa de Fórmula 1 da Petrobras, Rogério Gonçalves, o desempenho dos carros com adição de combustíveis de origem renovável “não pode ser classificado como melhor ou pior”.

"É diferente, porque o mapeamento do motor, que leva em conta  taxa de compressão, avanço, relação de ar e combustível,  é alterado. É necessário mexer em vários fatores técnicos para obter o melhor funcionamento do motor”, explicou Gonçalves.



Comentários