Brasileira MHAG Mineração fornecerá minério de ferro à China

Fonte: InfoMet - 15/10/07

A empresa brasileira MHAG Mineração iniciou contatos com empresas chinesas com vista a fornecer minério de ferro a siderúrgicas da China, disse em Pequim, o vice-presidente da Associação da Siderurgia da China (ASC).

Luo Bingsheng, vice-presidente da associação, revelou recentemente que a MHAG Mineração "tem projetos de cooperação de grande escala com as mais importantes siderúrgicas na China".

De acordo com Luo, a MHAG Mineração iniciará formalmente sua cooperação com a China em 2008, fornecendo anualmente às siderúrgicas chinesas 30 milhões de toneladas de minério de ferro. A MHAG vai tornar públicos os detalhes da cooperação até ao final de novembro, disse o responsável da ASC.

A MHAG disputará o mercado chinês ao atual gigante brasileiro da mineração, Companhia Vale do Rio Doce (CVRD), que controla as vendas brasileiras de minério de ferro à China.

A CVRD, principal grupo brasileiro do setor de mineração e maior produtora de minério de ferro do mundo, formalizou no dia 03 de outubro uma "joint-venture" para a construção de uma siderurgia no Brasil com a Baosteel, que deverá produzir numa fase inicial cinco milhões de toneladas de aço por ano.

As duas empresas formaram a Companhia Siderúrgica Vitória (CSV), que produzirá no Espírito Santo, sudeste do Brasil, até 5 milhões de placas de aço para exportação a partir de 2012.

A Baosteel revelou que prevê investir 3,3 mil milhões de dólares no projecto que está avaliado em 5,5 mil milhões de dólares.

A China conta com mais de 6.600 fabricantes de aço, mas só a produção das quatro maiores (Baosteel, Wuhan Iron and Steel, Angang Steel e Shoughang) representa 18,5 por cento do total da produção no país.

A China deverá importar cerca de 367 milhões de toneladas de minério de ferro em 2007. A China tornou-se o maior exportador mundial de aço em 2006, sendo as estimativas de exportação para todo o ano de 2007 de 57,3 milhões de toneladas, caso se mantenha o ritmo de vendas ao exterior dos primeiros meses do ano.



Comentários