CEOs falam sobre a TIMTOS 2021 e destacam força da indústria de máquinas-ferramenta de Taiwan

Na madrugada desta quarta-feira (20), no horário de Brasília, os organizadores do Conselho de Desenvolvimento do Comércio Externo de Taiwan (TAITRA) e da Associação da Indústria de Máquinas de Taiwan (TAMI) realizaram uma coletiva de imprensa global destacada pelo Painel de CEOs para contar à imprensa global mais detalhes sobre a mostra de máquinas-ferramenta híbrida, a Taipei International Machine Tool Show (TIMTOS 2021), que ocorre de 15 a 20 de março.  

Os principais executivos da indústria de máquinas-ferramenta, presidentes da Fair Friend, Hiwin e Chin Fong, falaram on-e no CEO Panel sobre "Reestruturação para a indústria de máquinas inteligentes na era pós-pandêmica", com o presidente da TAITRA, James Huang, e o presidente da TAMI, Pa-Hsi Ko. Todos eles afirmaram que o lançamento da TIMTOS trará um significado positivo para a indústria global de máquinas-ferramenta, em particular, pode aumentar a confiança na indústria de máquinas-ferramenta de Taiwan, que sofreu uma queda no primeiro semestre e se recuperou de alguma forma no segundo semestre do ano passado.

O presidente da TAITRA, James Huang, disse que o desempenho de Taiwan na prevenção de pandemia atraiu a atenção mundial, especialmente a resiliência e flexibilidade manifestadas pela indústria de manufatura de Taiwan durante a pandemia, que se provou ser uma crise e um ponto de inflexão também. 

“Em 2020, o mundo inteiro foi afetado pela pandemia. No entanto, Taiwan tem sido elogiada sucessivamente pela mídia de indicadores globais devido ao seu excelente desempenho em manter a COVID-19 à distância, e seu crescimento econômico contra a tendência. Como resultado, a imagem geral de Taiwan melhorou muito. De acordo com o 'País do Ano" de 2020 do The Economist, Taiwan foi escolhida como candidata devido ao seu notável sucesso no combate ao vírus e por ser um dos poucos países com um crescimento econômico positivo, que é de cerca de 2%”, disse Huang, durante seu pronunciamento.

James Huang, presidente da TAITRA, durante coletiva de imprensa realizada nesta quarta-feira (20).

O presidente da TAITRA acrescentou que na feira, as mudanças sem precedentes no mercado e a crescente demanda por desenvolvimento tecnológico contribuído para a transformação industrial serão vistas em uma variedade de novos produtos desenvolvidos pelos expositores da feira industrial.


Continua depois da publicidade


“A indústria de máquinas é uma das indústrias de trilhões de dólares americanos em Taiwan. Nos últimos anos, tem investido ativamente no fortalecimento de suas próprias tecnologias de fabricação, investindo em equipamentos de manufatura inteligentes e treinamento de talentos profissionais. Sob a onda de migração e reorganização da rede global de manufatura e da cadeia de suprimentos, Taiwan se tornou uma nova base de produção muito atraente”, disse Huang. 

O executivo também ressaltou que a estabilidade administrada pelo país durante a crise global da Covid-19, permitiu que a indústria de máquinas-ferramenta de Taiwan ocupasse uma posição importante na cadeia de abastecimento global. Segundo Huang, espera-se que a indústria de máquinas-ferramenta volte a crescer em 2021 devido ao investimento em Taiwan pelo retorno do capital estrangeiro de Taiwan, o aumento em demanda por comunicações de longa distância e 5G, e a recuperação da demanda nas indústrias automotiva, de semicondutores, componentes eletrônicos e bicicletas.

“A pandemia causou mudanças no mercado e no ambiente comercial, enquanto o desenvolvimento tecnológico promoveu a transformação e atualização industrial. Há uma alta demanda por máquinas inteligentes, como robôs, máquinas-ferramentas e outros equipamentos de automação, equipamentos de medição e equipamentos de teste. A solução chave na mão de uma linha de produção inteligente completa é ainda mais exigente. A indústria de máquinas-ferramenta de Taiwan construiu uma base muito sólida ao longo dos anos e, portanto, é capaz de acompanhar a tendência de transformação na manufatura inteligente e aproveitar as vantagens dos recursos upstream e downstream”, complementou.

O presidente da TAMI, Pa-Hsi Ko, também destacou que a capacidade de prevenção da pandemia de Taiwan é a chave para atrair os principais fabricantes nacionais e estrangeiros para se juntarem à TIMTOS. Incluídos neste ano não estão apenas fabricantes de Taiwan, como Fair Friend, Victor Taichung, YCM, Dah Lih, Hiwin, Syntec e LNC, mas também fabricantes estrangeiros de alto perfil, DMG MORI, FANUC, MAZAK, TRUMPF e Siemens.

Este ano, a exposição física manterá quase 6.000 estandes, espalhados na Taipei Nangang Exhibition Center Hall 1 e Hall 2 e o World Trade Center Hall 1, enquanto a exposição virtual terá quase 1.000 participantes da indústria para exibir simultaneamente seus produtos em destaque on-line em uma forma que irá replicar o conceito de espaço físico da sala de exposição, com a chance de proporcionar 24 horas de exposição e experiência de negociação. 

“A TIMTOS completará 28 anos este ano. Em resposta à pandemia, ela tem feito todos os esforços para transformar a feira de CNC tradicional em manufatura inteligente, do foco em hardware no passado à integração atual e colaboração remota de software e hardware. Tudo isso será apresentado no ‘TIMTOS 2021 Hybrid’ em um novo modo de integração virtual e física”, disse Huang. 




Comentários