Nasa conclui preparativos para lançamento de robô a Marte

Robô buscará rastros de antigos micróbios que podem ter povoado aquele planeta há mais de 3 bilhões de anos.

A Nasa deu hoje autorização técnica para o lançamento, na próxima quinta-feira, do rover de seis rodas Perseverance a Marte, onde o robô buscará rastros de antigos micróbios que podem ter povoado aquele planeta há mais de 3 bilhões de anos.

Em 18 de fevereiro de 2021, o rover deverá posar em Marte. "Estamos prontos para o lançamento", anunciou o administrador da Nasa, Jim Bridenstine, em entrevista coletiva, orgulhoso por ter conseguido cumprir o programa mesmo com a pandemia: "Perseveramos, protegemos esta missão, porque ela é muito importante."

O lançamento será às 11h50 GMT de quinta-feira, em Cabo Cañaveral, Flórida, por meio de um foguete Atlas V da United Launch Alliance. "Nunca pensei que um diretor de lançamento pudesse trabalhar de casa, mas isso é o que tenho feito há cinco meses", comentou Omar Baetz, chefe de lançamento da agência espacial americana.

A missão, idealizada em 2012 e batizada de "Marte 2020", tentará descobrir se aquele planeta foi habitado. "É a primeira vez na História que a Nasa dedica uma missão ao que se chama de astrobiologia: a busca por vida, talvez pela vida atual, ou pela vida antiga em outro mundo", assinalou Jim Bridenstine. 

O Perseverance, uma versão aperfeiçoada do robô Curiosity, que se encontra em Marte desde 2012, irá analisar as rochas marcianas usando os instrumentos que carrega, desenhados por pesquisadores da França e Espanha. Mas o mais importante é que ele irá colher amostras de rochas, que deixará dentro de tubos selados na superfície para que sejam recuperadas por uma futura missão e trazidas para a Terra em 2031.

Apenas americanos conseguiram pousar robôs intactos em Marte: quatro landers e quatro exploradores rovers - Pathfinder, Spirit, Opportunity e Curiosity, o único que permanece em funcionamento. 

No ano que vem, a China tentará pousar um robô em Marte pela primeira vez, na missão Tianwen-1, lançada na semana passada. Um explorador de quatro rodas chinês deverá chegar àquele planeta em maio de 2021.

Tópicos:



Comentários