MCS planeja lançar novo CNC de médio porte

Comando Numérico terá configuração de hardware enxuta para ter preço acessível

Fonte: IPESI - 01/10/07
Foto: MCS

A empresa MCS deverá lançar em maio de 2008 um CNC de médio porte - por enquanto, chamado de Proteo II - destinado a complementar a linha Proteo, lançada em maio deste ano, com dois modelos: Proteo e Proteo Míni.

Segundo Edson Casagrande, diretor da MCS, o novo CNC terá um configuração de hardware enxuta, para que seu preço fique entre o dos dois modelos da linha Proteo atualmente no mercado. “Por exemplo, o Proteo II deverá ter uma saída de vídeo para monitor de PC padrão de mercado”, explica.

O Proteo Míni e o Proteo estão tendo boa aceitação no mercado brasileiro. O primeiro é aplicado em máquinas para os mais diversos segmentos, como tornos, robôs de solda, e gerador de lentes e moldes. A produção atual é de cerca de 40 unidades mensais. Já o Proteo é aplicado em máquinas como termoformadoras e máquinas de têmpera por indução. “Estamos agora negociando com fabricantes de fresadoras”, afirma Casagrande.

Um outro segmento em que o modelo Proteo vem sendo bem utilizado é o de retrofitting. “Estamos trabalhando para que os clientes do segmento migrem do modelo CNC 570, para o Proteo”, informa o executivo. A produção atual deste modelo é de 45 unidades mensais. A expectativa de Casagrande é que até o final do ano, a MCS esteja produzindo 100 unidades mensais considerando os dois modelos.
     
A MCS


Fundada em 1983, a MCS ocupa hoje posição de destaque no mercado brasileiro de CNCs, oferecendo soluções compatíveis com as necessidades do mercado de automação industrial. Está preparada para oferecer aos seus clientes um alto nível de assessoria na área, além de engenheiros aptos para definir diversas opções de configuração de sistemas.

Também conta com um setor de treinamento que oferece cursos de programação, manutenção e desenvolvimento de interfaces para máquinas.

Saiba mais sobre a MCS pelo site http://www.mcseng.com.br/
Tópicos:



Comentários