Instituto de Energias Renováveis no Oriente

Fonte: Ambiente Brasil (www.ambientebrasil.com.br) - 02/03/07

Conhecido como terra rica em reservas petroleiras, os Emirados Árabes podem se tornar também sede de conhecimento em energias renováveis. A capital Abu Dhabi, com a cooperação do consagrado Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT/EUA), irá sediar um instituto de pesquisas que oferecerá programas de pós-graduação em energias renováveis e sustentabilidade. 

No início desta semana, o Instituto de Tecnologia de Massachusetts e a Empresa Abu Dhabi Future Energy (ADFEC), assinaram um acordo de cooperação para ajudar a desenvolver o Instituto Masdar de Ciência e Tecnologia.

“O Instituto Masdar será o núcleo da Iniciativa Masdar, alimentando-a com talentos e inovações tecnológicas para promover o desenvolvimento da economia e que novas indústrias utilizam energias renováveis na região”, afirma o presidente da ADFEC, Sultão Al Jaber.

Abu Dhabi é o quartel sede das empresas operadoras de petróleo nos Emirados Árabes. A cidade detém 94% das reservas de petróleo do país, cobre cerca de 87% da área total do país e é casa para cerca de 38% da população.

Segundo o General Shaikh Mohammed, a Iniciativa Masdar é um produto natural da posição de líder mundial de produção de hidrocarbonetos e irá transformar o país em um exportador de tecnologia para consumo.

O projeto Iniciativa Masdar será baseado em quatro elementos, que incluem um Centro de Inovação para apoiar demonstrações, comercialização e adoção de tecnologias de energia sustentável; uma Universidade em parceria com instituições de pesquisas de todo o mundo; uma Empresa de Desenvolvimento focada na comercialização de redução de emissões e soluções de Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) e, finalmente, uma Área Econômica Especial criada para receber instituições que queiram investir no desenvolvimento e produção de tecnologias e produtos de energia renovável.
 
Com planos de admitir os primeiros pós-graduados no verão de 2009, o Instituto Masdar irá operar independentemente, com pesquisas sem fins lucrativos e como uma instituição educacional, conduzindo cursos em inglês para homens e mulheres dos Emirados Árabes, Oriente Médio, Norte da África e Sul da Ásia.

“A equipe do MIT irá dar conselhos e assistência educacional, o que inclui trabalhar com a ADFEC para desenvolver pesquisas colaborativas, criar programas acadêmicos e estratégias de comercialização dos resultados das pesquisas produzidas, além de desenvolver a capacidade organizacional e administrativa do Instituto Masdar”, diz o reitor do MIT, Philip Clay.

Primeira instituição dedicada a programas de pesquisas de pós-graduação na região, o objetivo é tornar o Instituto o centro de um programa de desenvolvimento econômico regional e multifacetado – a Iniciativa Masdar – anunciada em abril de 2006 pelo governo de Abu Dhabi.

Investimentos em Solar - Como parte da iniciativa, quatro quilômetros de terras foram cedidos pelo governo de Abu Dhabi para construir o campus do Instituto. O governo já dedica 350 milhões de dólares a uma iniciativa de instalação solar gigante e recentemente estabeleceu um fundo para tecnologia limpa de 100 milhões de dólares para ser investido em parceria com o setor privado e companhias estrangeiras focado em novas energias.

“O projeto de energia solar oferece potencial considerável para que Abu Dhabi torne-se líder em energia renovável por causa das condições extensivas de irradiação solar assim como o amadurecimento da tecnologia”, afirma Al Jaber.

Al Jaber destacou a importância de desenvolver pesquisas locais em Abu Dhabi para enfrentar assuntos particularmente importantes na região, como energias, água e sustentabilidade. “A filosofia que guiará o Masdar é transformar a riqueza em recursos naturais do país em conhecimento econômico sustentável de longo prazo, através do desenvolvimento de capital humano que pode efetivamente competir no mercado global”, disse Al Jaber.



Comentários