Como estão “calçados” os veículos brasileiros

Qual a medida de pneu mais comum ao mercado brasileiro? O que mudou nos últimos 5 anos? Com pesos maiores, mais potência e equipamentos, não é surpresa que o tamanho dos pneus usados nos veículos brasileiros tenha aumentado sua medida conforme mostra o gráfico abaixo.

Pneus aro 13 polegadas, anteriormente usados em veículos de entrada, desapareceram do mercado. O mercado de reposição continua forte para esses pneus, que tiveram grande participação na década de 90, quando foi criada a legislação de veículos populares.

O aro 14 se manteve estável, porém com uma variação na banda de rodagem. As medidas 165 e 185 cresceram em detrimento da medida 175. A medida 185 dobrou sua participação nesse aro, passando de 16 para 33%.

O aro 15 ganhou um pouco de participação no mercado, com avanço todo concentrado na medida 185 que passou de 61 para 65% da distribuição desse tipo de aro. A medida 205 também cresceu levemente, passando de 6 para 9% do aro, convertidos da medida 195 que teve seu mix reduzido na mesma proporção.


Continua depois da publicidade


No aro 16, a redução ocorreu pela substituição de derivados cross de hatches compactos por SUV verdadeiros que usam pneus acima desta medida.

Aros 17 e 18 pertencem ao território SUV, com uma grande multiplicidade de perfis e bandas de rodagem. São produtos mais sofisticados, que aceitam um preço e segmentação maiores, dedicados a cada veículo.

Acima desta medida, estão os veículos mais sofisticados, picapes e esportivos, nos quais uma maior área de contato com o solo é mandatória. Os perfis dos veículos esportivos são mais baixos, na faixa de 45 ou menores. Nesses automóveis, a proliferação de medidas é suportada por uma maior disponibilidade de recursos dos clientes, inclusive com pneus especiais.

* Por Cassio Pagliarini I Bright Consulting

Tópicos:



Comentários