Caoa planeja construir fábrica no Estado de São Paulo

O Grupo Caoa, empresa brasileira do setor automotivo, confirmou no último domingo (10) que planeja construir uma fábrica no Estado de São Paulo. A revelação foi feita após o governador João Dória (PSDB) ter antecipado a informação durante um evento da indústria de calçados, em São Paulo. Além disso, Dória também destacou que a Caoa desistiu oficialmente de comprar a fábrica da Ford localizada em São Bernado do Campo, cidade da Região Metropolitana de São Paulo.

Segundo governador, o Grupo Caoa, do empresário Carlos Alberto de Oliveira Andrade, deve realizar um investimento forte no Estado de São Paulo em parceria com um fabricante chinês, sem revelar o nome, o valor do investimento e o produto que será produzido.

Ainda não foi definida a cidade em que a nova fábrica será construída. Vale destacar que a Caoa já tem uma unidade na cidade de Anápolis, em Goiás, que produz veículos para a coreana Hyundai e é sócio de 50% das operações da chinesa Chery com planta no interior paulista, em Jacareí. Ademais, é o maior revendedor Ford do Brasil.


Continua depois da publicidade


De acordo com Dória, o anúncio da nova fábrica da Caoa deve ser realizada ainda 2020. A empresa brasileira não revelou mais detalhes da construção da nova unidade.

Fábrica da Ford em São Bernado do Campo

Em relação a fábrica da Ford em São Bernado do Campo, a montadora americana declarou que há “outros potenciais compradores interessados e engajados em conversações em relação às instalações”. Além disto, a empresa também afirmou que continua fazendo todos os esforços cabíveis para alcançar um resultado positivo nas negociações.

Dória salientou que o negócio entre a Ford e a Caoa não seguiu em frente porque o parceiro chinês do grupo desejava ter um espaço físico maior para a produção.

Conforme informações de bastidores, o grupo brasileiro dependia de um financiamento junto ao BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social) para poder comprar a fábrica. No entanto o banco não disponibilizou o empréstimo por não dispor de linhas de crédito para essa finalidade.

A fábrica da Ford em São Bernado do Campo é, segundo fontes do mercado, avaliada em R$ 2 bilhões em investimentos para aquisição da unidade e modernização da linha de produção para atender as normas de emissão de poluentes que são obrigatórias para caminhões.

Uma das possíveis interessadas da fábrica é a chinesa BYD, que já produz ônibus na cidade de Campinas, em São Paulo. Os chineses também planejam fabricar caminhões no Brasil que atualmente são importados.

Tópicos:



Comentários