A era paperless nas empresas

O novo modelo de jornada promete esvaziar os armários e aumentar a produtividade e organização nas empresas

Uma tendência cresce em muitas empresas e promete aumentar ainda mais no ano de 2020, que aos poucos vai acabando com aquela pilha de arquivos cheios de documentos físicos e até mesmo aquelas pastas abarrotadas de papel onde as informações se misturam e acabam se transformando numa dor de cabeça. Essa tendência de cultura organizacional é a era paperless, que traduzindo para o português, significa "sem papel".

O conceito aborda a eliminação dos papéis nas atividades rotineiras da empresa e a entrada na esfera dos documentos eletrônicos. Em outras palavras, significa entrar, de maneira definitiva, na era digital. Isso beneficia em muito o setor bancário e varejista, que historicamente emitem muitos documentos em papel, nesse caso a digitalização traz mais organização e segurança (pela praticidade e sustentabilidade) e agilidade (pela economia de papel e processos digitais integrados).

Fernando Wosniak Steler, CEO da D1, empresa que viabiliza‌ ‌o‌ ‌processo‌ ‌de‌ ‌transformação‌ ‌digital‌ ‌para‌ ‌a‌ entrega ‌de melhores‌ ‌jornadas‌ de‌ ‌engajamento‌ ‌no‌ ‌envio‌ ‌de‌ ‌comunicações‌ ‌omnichannel entre‌ ‌corporações‌ ‌e‌ ‌seus‌ ‌clientes, aponta que a D1 já realiza projetos de digitalização para jornadas melhores e mais eficientes nos processos de seus clientes, " Disponibilizar jornadas diretas e digitais é o melhor meio para atingir a satisfação do cliente, seja por meio da comodidade, agilidade e segurança. O acesso rápido aumenta o grau de fidelização." afirma o empresário.


Continua depois da publicidade


A D1, referência em transformação digital por jornadas, já utiliza desse processo e passa adiante essa medida eficiente e ambiental, "Além de esvaziar os armários e prateleiras, essa jornada digital garante agilidade, segurança e praticidade, isso combinado com o reforço à prática sustentável tão necessária nos tempos atuais", explica Fernando Wosniak Steler para a solução dos problemas de cultura organizacional e ambiental em empresas do futuro.




Comentários