Petrobras anuncia plano de investir US$ 75,5 bilhões nos próximos 5 anos

Valor menor que o do plano anterior; Quer reduzir dívida para US$ 60 bi; Traz metas para emissão de gases

A Petrobras anunciou nesta 5ª feira (28.nov.2019) novo plano estratégico que projeta investimento de US$ 75,5 bilhões no quinquênio de 2020-2024. O valor é inferior aos US$ 84,1 bilhões estimados para o quinquênio que se encerra em 2019. A estatal também pretende desinvestir (retirar capital por meio de venda) US$ 20 bilhões a US$ 30 bilhões, sendo a maior fatia até 2021.

Cerca de 85% dos investimentos serão destinados ao setor de E&P (exploração e produção). O objetivo da companhia é produzir 2,2 milhões de barris de óleo por dia em 2020 e elevar a quantidade para 2,9 milhões até 2024.

Já a produção total (óleo e gás) está estimada em 2,7 bilhões de BOE (barris de óleo equivalente) por dia em 2020 e em 3,5 milhões BOE/dia em 2024.

estimativa de produção da Petrobras em BOED/dia
Estimativa de produção da Petrobras em BOED/dia . Fonte: Petrobras

A estatal quer reduzir a dívida bruta para US$ 60 bilhões e manter o patamar ao longo do período, “gerando uma maior remuneração para os acionistas”. Diz esperar alcançar esse objetivo em 2021.


Continua depois da publicidade


A Petrobras também afirma que a venda de ativos exclui a necessidade de novas captações líquidas para realizar investimentos. Recentemente, a estatal avançou na negociação de 4 refinarias.

Quanto à política ambiental, a meta é reduzir de 30% a 50% a intensidade nas emissões de metano na E&P até 2025. Para o carbono, o número cai para 32% no mesmo setor e para 16% no refino. A estatal também pretende diminuir em 30% a captação de água doce e focar em reúso do recurso.

MÉTRICAS

A empresa avali o planejamento estratégico por meio de 3 métricas:

  • Segurança do trabalhador: a pretensão é ter uma TAR (Taxa de Acidentados Registráveis) por milhão de homens/hora abaixo de 1,0. Adiciona uma ambição de fatalidade zero.
  • Dívida líquida: em relação a Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização), deve ser mantida abaixo de 1,5.
  • Lucro: a estatal ressalta a incorporação da ferramenta EVA®, que apresenta 1 cálculo mais preciso da diferença entre custos e receitas. A Petrobras busca 1 Delta EVA® consolidado de US$ 2,6 bilhões.

Além disso, a empresa cita 5 pilares para o seu plano estratégico: maximização do retorno sobre o capital empregado; redução do custo de capital; busca incessante por custos baixos; meritocracia e respeito às pessoas, meio ambiente e segurança.

Tópicos:



Comentários