São Paulo e Rio estão entre as 10 piores cidades do mundo para dirigir

Estudo do Mister Auto analisa indicadores que determinam as condições de condução de uma metrópole

As cidades de São Paulo e Rio de Janeiro estão entre as dez piores para dirigir, de acordo com o ranking Índice de Condução das Cidades elaborado pela Mister Auto, rede de vendas online de autopeças na Europa e que pertence ao Grupo PSA. A edição 2019 do estudo, divulgado na quinta-feira, 14, coleta uma série de dados de centenas de cidades pelo mundo. Como resultado, 100 cidades são ranqueadas a partir da pontuação de cada uma, combinando um total de 15 fatores que revelam as melhores e as piores cidades para os proprietários de automóveis em todo o mundo.

No TOP 10 das piores cidades, São Paulo aparece como a sétima pior, enquanto o Rio de Janeiro é a nona. O estudo divide os fatores em três grupos de dados: infraestrutura, segurança e custos. Em infraestrutura, por exemplo, se considera a pontuação média diária de congestionamentos, o índice de qualidade das estradas, pontuação de amostra de velocidade e índice de qualidade do ar entre outros.

No quesito segurança, é considerada a taxa média de fatalidade por 100 mil habitantes, além do índice denominado pontuação da raiva nas estradas, que mede o grau de sentimento de aversão a outros motoristas durante a condução em trânsito nas estradas. Já na área de custos, se medem gastos com estacionamentos (critério de 2 horas), custo de combustível, imposto anual de circulação (algo como o IPVA brasileiro) e custos envolvendo acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida.


Continua depois da publicidade


Na maior parte dos quesitos, tanto São Paulo quanto Rio de Janeiro pontuaram de forma bastante negativa com relação a outras cidades do mundo. No ranking geral, a pontuação de ambas está em 59,1 e 65,3, respectivamente. Para se ter uma ideia, a melhor cidade para o motorista, segundo o ranking, é Calgary, no Canadá, com pontuação máxima de 100, enquanto a pior, Mumbai, na Índia, pontuou com apenas 1 ponto na média geral.

Além das duas cidades brasileiras, o TOP 10 das piores cidades para os motoristas ainda contam com outras cidades da América Latina, como Bogotá (Colômbia), na sexta posição, e a Cidade do México (México), na oitava colocação.

No TOP 10 das melhores, a canadense Calgary é seguida por Dubai (Emirados Árabes), Ottawa (Canadá), Berna (Suíça), El Paso (EUA), Vancouver (Canadá), Gotemburgo (Suécia), Dusseldorf (Alemanha), Basileia (Suíça) e Dortmund (Alemanha) nesta ordem.

Veja o ranking completo (em inglês) aqui.




Comentários