Lançamento de produtos está em queda no País

O Índice de Atividade Industrial, calculado pela Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil, registra que a queda na intenção da indústria nacional em lançar produtos foi de 14,9% em outubro. No acumulado dos últimos 12 meses, a queda é de 4,5%. "A desaceleração normalmente é observada a partir do último trimestre, mas chegou mais cedo este ano", analisa Virginia Vaamonde, CEO da Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil. Esse resultado sugere um aumento da cautela e sinaliza que ainda há um caminho a percorrer para uma recuperação integral da confiança dos empresários. 

Para calcular a intenção da indústria em abastecer o mercado com novidades, a associação tem como base o registro de novos pedidos de códigos de barras de produtos. É ela que atribui um novo código a cada lançamento. 

Setor de bebidas é o que mais lança produtos 


Continua depois da publicidade


O Índice de Atividade Industrial, calculado pela Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil, registra saldo positivo para o segmento de bebidas neste ano. O registro de novos pedidos de códigos de barras de produtos, atribuídos pela associação a cada lançamento, aumentou 12,8% entre janeiro e outubro de 2019. É o segmento de indústria que mais lançou produtos no País, comparado a outros como alimentos, têxtil e vestuário. 

O desempenho pode ser considerado muito bom, já que a intenção em lançar produtos vem sofrendo recuo há alguns meses, segundo a Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil. "A desaceleração normalmente é observada a partir do último trimestre, mas chegou mais cedo este ano", analisa Virginia Vaamonde, CEO da entidade. Esse resultado sugere um aumento da cautela e sinaliza que ainda há um caminho a percorrer para uma recuperação integral da confiança dos empresários. 

Para calcular a intenção da indústria em abastecer o mercado com novidades, a associação tem como base o registro de novos pedidos de códigos de barras de produtos. 




Comentários