Setor da construção civil retoma confiança após 12º Concrete Show

Expositores e visitantes surpreendem-se com alto nível do evento e renovam compromisso com investimentos a favor da recuperação deste mercado no Brasil

Na última semana, São Paulo sediou o único evento da América Latina dedicado às cadeias construtivas do cimento e do concreto, o Concrete Show, que comemorou 12 anos como o principal ponto de encontro da construção civil do País. Realizado no São Paulo Expo, de 14 a 16 de agosto, o evento registrou a participação de mais de 350 marcas expositoras, que exibiram seus lançamentos em serviços, equipamentos e soluções para estes segmentos, e contribuíram para a retomada de confiança em um novo ritmo de crescimento do setor em breve.

"Esta edição do evento teve um equilíbrio muito produtivo entre a busca por aprimoramento técnico e conhecimento e a geração de negócios e oportunidades comerciais. Vários foram os expositores que nos comunicaram a realização de negócios, entre vendas de equipamentos, tecnologias e serviços, o que evidencia que este mercado recobrou sua força e liderança. Estamos realmente muito felizes em participar diretamente deste processo de recuperação", avaliou a gerente geral do portfólio de infraestrutura da Informa Markets, organizadora do Concrete Show, Márcia Gonçalves.


Continua depois da publicidade


Entre as muitas marcas que saíram satisfeitas desta edição está a BASF, uma das maiores companhias químicas do mundo, que reservou para o Concrete Show os mais recentes lançamentos da empresa: o Master Top 1000 e o Master Top 2300. "São duas pinturas epóxis, de baixa e alta espessuras, respectivamente, para a utilização em estruturas como armazéns e estacionamentos. Ambos os produtos são 100% sólidos, livres de solventes e sem odores", afirmou a coordenadora de marketing da empresa, Karla Beatriz.

Segundo ela, o evento superou todas as expectativas da companhia e surpreendeu positivamente. "Recebemos muitas visitas qualificadas em nosso estande, inclusive de players internacionais, com os quais realizamos diversas prospecções de negócios. Foi ótimo", destacou.

Outra marca que não ficou de fora de mais uma edição da feira foi a Honda, que apresentou ao mercado a linha de motores estacionários da empresa, voltados exclusivamente para a construção civil. "Outro destaque foi o lançamento da roçadeira para uso profissional da marca, a MK450. Assim como a exibição, pela primeira vez, dos quadriciclos para o transporte de materiais da empresa", pontuou o analista de produtos da Honda Brasil, Thiago Pereira.

Para ele, aliás, a participação em mais um Concrete Show foi excelente para a companhia. "Isso porque, novamente, saímos com saldo positivo do evento, já que conseguimos fechar negócios com as principais montadoras de equipamentos presentes na feira", acrescentou.

Outra empresa que marcou presença no evento foi a Aperam South America, referência no desenvolvimento de produtos à base de aço inoxidável, aço elétrico e aço de carbono especial. A siderúrgica levou como grande destaque da marca para o 12º Concrete Show o primeiro caminhão-betoneira ultraleve do Brasil, fabricado em parceria com a Associação Brasileira das Empresas de Serviços de Concretagem (ABESC), com a Volkswagen e com a Convicta. "Feito em aço inoxidável, o veículo é cerca de 2,4 toneladas mais leve do que as tradicionais betoneiras disponíveis no mercado e pode transportar, em média, um metro cúbico a mais de concreto, além de ter vida útil até 75% maior", ressaltou o gerente executivo do centro de pesquisas da Aperam, Tarcísio Oliveira.

Conteúdos exclusivos e diferenciados 

Além das novidades em produtos e serviços dos expositores, mais de 14 seminários inéditos e 120 palestras gratuitas também agitaram os profissionais do setor que marcaram presença no 12º Concrete Show.

Os visitantes destacaram a rica e ampla grade de seminários programada para os três dias de evento. A feira teve debates dos mais variados temas, como pavimentação urbana, cidades inteligentes, impermeabilização, inovações tecnológicas, prospecção de negócios, economia, entre outros. Alguns deles ocorreram no Fórum de Negócios e Inovação no Mercado da Construção, realizado pela primeira vez no Concrete Show, que aconteceu no primeiro dia do evento e foi destinado a executivos de alto escalão, o chamado C-Level.

Outros foram discutidos no Concrete Show Congress, congresso organizado em parceria com as principais associações do setor, como as questões relacionadas à sustentabilidade, amplamente debatidas. No último dia de evento, por exemplo, o foco foi a mitigação da pegada de carbono na cadeia de concreto e o que o Brasil vem fazendo para reduzir as emissões de CO² no meio ambiente, abordando a utilização de novos resíduos industriais e de biomassa para a produção de novas fontes de combustíveis, o protagonismo da indústria cimenteira brasileira no monitoramento das emissões de CO², o emprego de combustíveis de derivados urbanos nos fornos de cimento, entre outros assuntos.

Dois representantes do governo federal estiveram presentes nesse debate: André França, secretário de Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente; e Alexandre Vidigal, secretário de Geologia, Mineração e Transformação Mineral do Ministério de Minas e Energia.

Na plateia, alunos, engenheiros, bioquímicos e demais interessados acompanhavam atentos às palestras. Trabalhador da indústria de cimento, José Abreu aproveitou a manhã do último dia de feira para acompanhar as palestras sobre sustentabilidade e meio ambiente na indústria cimenteira. Ele, que já freqüenta a feira há anos, destacou a boa qualidade dos palestrantes e os temas escolhidos para debates. "As palestras que assisti estão muito bem elaboradas, claras, e vão de encontro com o meu trabalho. Estou levando uma boa bagagem de conhecimento daqui", disse.

A laboratorista Andresa Calegari, por sua vez, visitou a feira pela primeira vez neste ano e escolheu as temáticas sobre placas de concreto para acompanhar os debates por ser o assunto que mais tem sintonia com a área em que atua. "Gostei muito dos expositores e dos temas abordados. É a primeira vez que venho e tive uma experiência muito positiva".

Na feira, os visitantes buscaram por conteúdo, novidades e parcerias. "Vim ao Concrete Show conhecer as novidades da construção e também procurar fornecedores de estruturas de concreto e de ferramentas para agregar mais valor ao meu negócio", comentou o empresário do ramo de contêineres, Walmir de Mello Castanha. Quem também se surpreendeu com as novidades apresentadas foi Rafael Borges, proprietário de uma empresa de pré-fabricados. "Vim pesquisar as novidades e possibilidades no setor de concreto, tecnologias para lajes pré-fabricadas e aditivos. Tenho certeza que tive boas experiências aqui", completou.

Concrete Show 2020

A próxima edição do Concrete Show já tem data definida e ocorrerá de 19 a 21 de agosto de 2020, novamente com muitas novidades. "Já estamos com um bom número de renovação por parte dos expositores que participaram do evento neste ano e que querem, desde já, garantir os respectivos espaços também na próxima edição. Muitas novidades estão por vir, aguardem", finalizou Márcia Gonçalves.

Tópicos:



Comentários