Randon fatura R$ 3,5 bi no 1º semestre, em alta de 27,6% sobre 2018

Grupo fabricante de implementos, veículos especiais e autopeças irá divulgar balanço semestral em agosto

O faturamento do grupo gaúcho Empresas Randon somou R$ 3,51 bilhões no primeiro semestre, em alta de 27,6% sobre o mesmo período de 2018 – e em linha com a projeção da companhia, que espera faturar R$ 7 bilhões no ano todo, contra R$ 6 bilhões no ano passado. As receitas da primeira metade de 2019 foram divulgadas em comunicado ao mercado na segunda-feira, 22. 

Na mesma comunicação o grupo informa que a receita líquida (descontados impostos) das vendas do primeiro semestre atingiram R$ 2,43 bilhões, o que revela crescimento de 25,5% em relação a idêntico intervalo do ano passado – também em linha com a expectativa de totalizar R$ 5 bilhões até o fim de 2019, contra R$ 4,3 bilhões em 2018. 

No próximo 13 de agosto o grupo fabricante de implementos, veículos especiais e autopeças irá divulgar balanço parcial fechado no primeiro semestre de 2019. Em 2018 a Randon registrou lucro líquido de R$ 151,7 milhões, em crescimento de 225% sobre o fraco 2017. Apesar da expressiva expansão das receitas este ano, no primeiro trimestre deste ano a companhia apurou ganho líquido de R$ 31,6 milhões, em queda de 26,7% em relação aos primeiros três meses de 2018.




Comentários