Design sprint: conheça técnica que vai ajudar você a poupar tempo

Metodologia do Google Ventures pode ser aplicada por qualquer pessoa que deseja uma resposta mais ágil para um projeto

Sabe aquela ideia ou projeto que você sonha em fazer, mas não sabe se vale arriscar? O design sprint pode ser um aliado para chegar a uma resposta rápida. A metodologia propõe colocar a viabilidade de projetos à prova em cinco dias, com inovação e planejamento. De acordo com o GV, antigo Google Ventures (departamento da Google que fornece capital a novas empresas de tecnologia), o design sprint é quase um "superpoder" para avançar rapidamente até o desenvolvimento do produto final e as reações dos usuários, antes de assumir compromissos caros. Entenda como funciona:

O que é design sprint?

É uma metodologia de cinco etapas, nas quais uma equipe multidisciplinar divide perspectivas diferentes sobre um determinado projeto e verifica a viabilidade dele. Ao final do quinto dia, é possível compreender o que o projeto precisa para ser aprimorado e desenvolvido. Ela ajuda a poupar meses de trabalho e dinheiro com projetos cujos resultados podem ser antecipados em cinco dias de imersão.

Como o design sprint surgiu?

O criador do design sprint é o designer e escritor Jake Knapp, que começou a testar a metodologia na Google em 2010 e aperfeiçoou o processo em 2012, no Google Ventures, junto com os designers Braden Kowitz e John Zeratsky.


Continua depois da publicidade


Como funciona o design sprint?

As etapas são divididas por dias e focam em definição do projeto e dos desafios que ele envolve, sugestão de soluções e ideias, votação das melhores soluções, prototipagem da ideia e, por fim, teste do protótipo com o público-alvo, que agrega feedbacks importantes da experiência. Como é de se imaginar, o processo exige total atenção e dedicação dos participantes. Em projetos maiores, a equipe geralmente inclui uma pessoa interessada no projeto, designer, desenvolvedor, gerente de produto e mediador. Mas é possível aplicar o design sprint até mesmo com equipes de duas pessoas e um participante para o teste da etapa final.

Quais as vantagens?

A maratona de cinco dias do design sprint é uma forma de fugir da procrastinação e de evitar que uma ideia fique parada só no papel ou na imaginação. Por ser um processo que valoriza o coletivo acima do individualismo, também acaba reforçando o trabalho em equipe.

O design sprint pode ser usado não só por empresas, mas por qualquer um que tenha pressa para testar ideias e colocá-las em prática. Além de casos bem sucedidos do design sprint aplicados em grandes empresas e instituições sem fins lucrativos, há relatos de famílias que usam a metodologia para estimular a imaginação de crianças.

Tópicos:



Comentários