Siemens leva a digitalização ao mundo das máquinas-ferramenta por meio do conceito de Digital Interprise na Expomafe 2019

Empresa demonstrou como as soluções de digitalização de ponta a ponta funcionam desde a máquina-ferramenta até o nível de gerenciamento corporativo e a nuvem.

Com o objetivo de auxiliar as indústrias a inserirem sua cadeia de produção no mundo digital, a Siemens apresentou suas soluções integradas para o setor durante a Expomafe. Utilizando o conceito de Digital Enterprise, a empresa apresentou soluções práticas para a digitalização na cadeia produtiva, desde o design do produto até a análise de dados de produção.

Sob o lema “Digitalização na Fábrica de Máquinas-Ferramenta – refletindo sobre os próximos passos da indústria” a empresa demonstrou como suas soluções integradas de software e hardware formam uma conexão perfeita entre o mundo virtual e o real para o desenvolvimento e a fabricação de produtos, contribuindo para aumentar a conectividade e transparência de dados, além de reduzir o time-to-market de fabricação de máquinas e aumentar a produtividade dos usuários finais.

“Com essas inovações e práticas das áreas de digitalização, automação e tecnologia, que ajudam tanto fabricantes quanto usuários de máquinas-ferramenta a aproveitar o enorme potencial que a digitalização oferece, queremos impulsionar parcerias que otimizem de forma efetiva os modelos de negócios de nossos clientes”, afirma José Moreira, gerente da unidade de negócios Motion Control e responsável pelo tema Digital Enterprise da Siemens no Brasil.


Continua depois da publicidade


Um exemplo disso foi demonstrado no estande, onde foi apresentada uma fábrica virtual de bebidas, pela qual se pode observar o conceito de gêmeo virtual, simulação, comissionamento virtual, eficiência energética e indústria 4.0 aplicados à realidade dos fabricantes.

Dentro dos conceitos de manufatura digital, foram demonstradas as concepções e simulações virtuais de uma planta fabril, além de estudos de células com simulação humana e robótica com realidade virtual e soluções para planejamento e execução da manufatura. Técnica importantes como otimização topológica para a redução de massa, modelamento convergente para o uso da manufatura aditiva, simulação da mecatrônica no conceito do projeto e engenharia preditiva com simulação de movimentos e estruturas, também foram utilizadas durante a exposição.

Soluções customizadas para diferentes necessidades da indústria

As mais recentes inovações CNC (Comando Numérico Computadorizado) para aplicações de fresamento e torneamento, máquinas de tecnologia mista, manufatura aditiva, robótica e até comissionamento virtual, puderam ser vistas nos comandos SINUMERIK 828D e SINUMERIK 840D com telas modernas no formato 16:9, com funcionalidade multitoque e áreas de exibição adicionais, que permitem que a área expandida de telas maiores seja utilizada de modo ideal.

A empresa também apresentou o comando SINUMERIK 808D ADVANCED, que impulsiona as máquinas básicas de torneamento e fresamento. Os CNCs de uma das líderes em tecnologia global, aliados a um conceito operacional revolucionário, fazem do SINUMERIK 808D ADVANCED uma alternativa muito interessante.

Para simular o sistema operacional atual dos CNC´s  Siemens 828D/840D SL, o Sinumerik Operate, a Siemens apresentou também o Simulador CNC Sinutrain 4  .7, que proporciona um ambiente real de trabalho de operação e programação CNC e está disponível para download gratuitamente na página da empresa. Essa solução pode ser utilizada inclusive como extensão da sala de aula, visto que os alunos usuários podem ter a própria licença instalada em suas máquinas.

Na parte de serviços a empresa ainda apresentou duas novidades: O Sinumerik Integrate e o Omative. O primeiro permite a conexão de máquinas para monitoramento de dados críticos de manutenção, gerenciamento de ferramentas de usinagem e análise de desempenho de produção OEE. Já o Omative é voltado para os ganhos de performance na área de produção, com diminuição dos tempos de ciclo de usinagem, monitoramento de vibração e quebra de ferramenta.

Um dos grandes diferenciais apresentados foi a conexão dos produtos expostos ao MindSphere, solução que consiste em um sistema operacional aberto para a Internet das Coisas (IoT)  baseado em nuvem, que permite conectar máquinas e infraestruturas físicas ao mundo digital, transformando dados em conhecimento e viabilizando novos modelos de negócios digitais. 




Comentários