ZF fecha o maior negócio da sua história para a nova transmissão automática de 8 marchas

Contrato traz aumento significativo na participação de transmissões híbridas

A ZF Friedrichshafen AG recebeu um pedido referente à avançada transmissão automática de 8 marchas com valor de dezenas de bilhões de Euros. Espera-se que o negócio ocorra ao longo de um período de vários anos. A versão mais recente da transmissão de 8 marchas da ZF – em produção desde 2009 – foi aperfeiçoada com a integração de um motor elétrico, que inclui uma variante híbrida.

A produção em série da nova geração de transmissões deve ser iniciada em 2022 na fábrica da ZF em Saarbrücken, Alemanha, que é a principal planta produtiva de transmissões automáticas para carros de passeio da ZF.  No futuro, a empresa também planeja iniciar a produção da mesma tecnologia em outros locais, incluindo Estados Unidos e China.

“Este negócio representa o maior pedido da história da ZF”, afirma o CEO da ZF, Wolf-Henning Scheider. “Quando se trata de eletrificação de carros de passeio, além de motores puramente elétricos, confirmamos nossa estratégia de focar em híbridos plug-in como solução para o dia a dia e desenvolver produtos atrativos nestas áreas”.


Continua depois da publicidade


Otimizado para eletrificação

A nova transmissão automática de 8 marchas pode ser instalada em quase todas as classes de veículos com configuração de tração longitudinal frontal. A inovação técnica da transmissão aperfeiçoada é a integração de um motor elétrico. “Aperfeiçoamos nossa transmissão automática de 8 marchas de forma consistente, conforme os requisitos de eletromobilidade do futuro”, explica Michael Hankel, membro do Board of Management da ZF responsável por tecnologia de transmissão e eletromoblidade, entre outras áreas. “Com a construção modular utilizando vários elementos originais, a nova geração de transmissão híbrida oferece uma solução flexível adequada a todos os carros de passeio – tanto convencionais como elétricos”.

“O pedido se baseou no fato de que os clientes enxergam nossa tecnologia como uma solução de transmissão sustentável para seus veículos, que os ajuda a atingir as metas de emissão de CO2“, enfatizou Hankel. “Além disso, a possibilidade de mudar facilmente de uma variante de transmissão para outra permite que nossos clientes reajam de forma flexível aos requisitos do mercado”.

“Aliado ao potencial significativo de redução de CO2, este alto grau de flexibilidade está aumentando o interesse em nossa transmissão. Estamos conduzindo negociações muito promissoras com outros clientes”.

“O pedido também reforça a importância de nossa rede de produção global”, adiciona Hankel. “Após o início da produção em Saarbrücken em 2022, também fabricaremos esta nova geração de transmissões para outros clientes em nossas instalações em Gray Court, EUA e Xangai, China”, conclui.




Comentários