Tesla compra terreno para construir fábrica na China

Segunda planta da marca no mundo será instalada em Xangai, com capacidade para fazer 500 mil carros por ano


Continua depois da publicidade


A Tesla assinou acordo para comprar um terreno em Xangai, na China, onde pretende instalar sua segunda fábrica – a primeira fora dos Estados Unidos. Embora a montadora não tenha revelado, um site do governo local apontou que o espaço tem área de 864 mil metros quadrados e foi leiloado por US$ 140 milhões. O aporte é uma parcela pequena do investimento de US$ 5 bilhões que a companhia calcula que precisará fazer ali para construir planta com capacidade para fabricar 500 mil veículos por ano, dobrando o potencial produtivo que já tem na Califórnia. 

Com a nova unidade, a companhia pretende acompanhar o rápido crescimento da demanda por carros elétricos na China, o maior mercado automotivo do mundo. O projeto foi anunciado em julho e, até então, não tinha evoluído. O plano da companhia é começar a operação após dois anos do início das obras, com aceleração a partir daí para alcançar a capacidade máxima da unidade nos três anos seguintes. 

Desde o anúncio da fábrica a Tesla não detalhou como pretende financiar o ambicioso projeto. A empresa apontou apenas que o objetivo é levantar capital em mercados asiáticos.

Tópicos:



Comentários