Autopeças faturam 20,4% a mais no acumulado até agosto

Vendas às montadoras, exportações e mercado de reposição mantêm o setor aquecido


Continua depois da publicidade


O faturamento da indústria de autopeças teve alta de 20,4% no acumulado até agosto sobre iguais meses do ano passado. As vendas às montadoras aumentaram 18,6%. Também cresceu o faturamento com exportações. Em reais, a alta foi de 29,4% e em dólares, 16,5%. Os números foram divulgados pelo Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (Sindipeças).

Como comparação, o acréscimo no faturamento é bem maior que aquele anotado na produção de veículos (12,8% no mesmo período). Nas vendas ao mercado de reposição, a alta no acumulado até agosto é de 17,1%. As montadoras continuam respondendo por uma parcela superior a 60% no faturamento do setor de autopeças e em agosto atingiram 63%, maior índice desde agosto de 2017. E nos últimos 11 meses as exportações sempre mantiveram parcela igual ou superior a 18% do faturamento do setor.

Capacidade instalada e emprego

Ainda de acordo com o Sindipeças, a utilização da capacidade instalada se manteve nos 71% registrados em julho. Desde o começo do ano as empresas do setor conservam índice próximo ou superior a 70% de utilização. No acumulado de janeiro a agosto a utilização da indústria cresceu 6,8 pontos porcentuais sobre iguais meses de 2017. Ainda de acordo com o Sindipeças, o nível de emprego nacional no setor de autopeças subiu 9,1% no período.




Comentários