Tradener investe R$ 850 milhões em geração de energia até 2020

Comercializadora está de olho na abertura do mercado livre de energia


Continua depois da publicidade


A Tradener, empresa pioneira na comercialização de energia livre no Brasil, investirá, até o ano de 2020, R$ 850 milhões em projetos de geração de energia, visando a abertura do mercado livre para os demais consumidores.

Em estudo entregue ao Ministério de Minas e Energia (MME), em março deste ano, pela Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia Elétrica (Abraceel), a aceleração do cronograma de abertura do mercado livre de 2026 para 2021 vai possibilitar a economia de R$ 10,5 bilhões nas contas de luz, com a  migração de pequenas e médias empresas. “Realizamos investimentos significativos em tecnologia da informação e treinamento do nosso time e estamos prontos para a abertura integral do mercado livre”, garante Walfrido Avila, presidente da Tradener.

Para Walfrido, os investimentos para a entrada da empresa na geração de energia é um passo fundamental no trabalho de credibilidade que a Tradener realiza em seus 20 anos de mercado. “Nossa presença na geração demonstra ainda mais, aos olhos do nosso cliente, o quanto nossa marca é sólida e robusta no mercado”, comenta.

Tópicos:



Comentários