CESVI BRASIL apresenta levantamento sobre segurança viária no mundo

Centro de pesquisa reúne iniciativas internacionais que fazem a diferença no trânsito

O CESVI Brasil/MAPFRE (Centro de Experimentação e Segurança Viária da MAPFRE), único centro de pesquisa do País dedicado a segurança veicular e estudos sobre reparação automotiva, produziu um levantamento de iniciativas mundiais que impactam a história da segurança viária.

Atualmente existem duas ações que visam reduzir a violência e acidentes no trânsito. A primeira delas é a Década de Ação para Segurança Trânsito (2011-2020), coordenada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e a segunda, a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, instituída esse ano pela ONU (Organização das Nações Unidas) e já foi adotada por mais de 193 países.

No documento desenvolvido pelo CESVI Brasil/MAPFRE foram destacados cindo pilares fundamentais para aprimorar temas relacionados à segurança viária reunindo iniciativas das duas ações: Gestão da segurança no trânsito, Mobilidade e vias mais seguras, Veículos mais seguros, Usuários da via mais seguros e Resposta pós-acidente. “Esse panorama sobre o que está sendo trabalhado em segurança viária mundo afora, reforça que estamos no caminho certo ao investir em pesquisas e estudos que fazem a diferença para o mercado segurador, automotivo e até ao motorista” comenta, o superintendente técnico do CESVI Brasil/MAPFRE, Emerson Feliciano.


Continua depois da publicidade


Duas metas estipuladas pela Agenda 2030, uma sobre saúde, que visa garantir vidas saudáveis e promover o bem-estar para reduzir pela metade o número de mortes e feridos globais em acidentes no trânsito, e outra focada em transporte para cidades sustentáveis, com um sistema de transporte mais seguro e sustentável, também estão no documento.

Confira abaixo as metas complementares, organizadas pelo CESVI Brasil/MAPFRE, da Agenda 2030 aos 5 pilares da Década de Ação para Segurança Viária:

PILAR 1 – GESTÃO DA SEGURANÇA NO TRÂNSITO

Estratégia Nacional com Metas

·         Meta 1: Até 2020, todos os países estabelecerão um plano de ação nacional multissetorial de segurança no trânsito, abrangente, com metas vinculadas ao tempo.

Legislação de Trânsito, Transporte e Veicular

·         Meta 2: Até 2030, todos os países aderirão a um ou mais dos principais instrumentos jurídicos da ONU relacionados com a segurança rodoviária. Regulamento ONU nº 22 (Capacetes de proteção).

PILAR 2 – MOBILIDADE E VIAS MAIS SEGURAS

Avaliação das Novas Rodovias

·         Meta 3: Até 2030, todas as novas rodovias atingirão padrões técnicos para todos os usuários da via que levem em consideração a segurança no trânsito, ou atinjam uma classificação de três estrelas ou melhor.

Avaliação das Rodovias Existentes

·         Meta 4: Até 2030, mais de 75% das viagens em rodovias existentes serão naquelas que atendem aos padrões técnicos para todos os usuários da via que levam em consideração a segurança no trânsito.

PILAR 3 – VEÍCULOS MAIS SEGUROS

Normas Veiculares

·         Meta 5: Até 2030, 100% dos veículos novos (definidos como produzidos, vendidos ou importados) e usados atenderão a padrões de segurança de alta qualidade, como os regulamentos prioritários recomendados pela ONU, Regulamentos Técnicos Globais ou requisitos equivalentes de desempenho nacional.

PILAR 4 – USUÁRIOS DA VIA MAIS SEGUROS

Velocidade

·         Meta 6: Até 2030, redução pela metade da proporção de veículos que viajam acima do limite de velocidade e reduzir os danos e mortes relacionados à velocidade.

Capacetes

·         Meta 7: Até 2030, aumentar a proporção de motociclistas usando corretamente capacetes padrão para perto de 100%.

Proteção ao ocupante

·         Meta 8: Até 2030, aumentar a proporção de ocupantes de veículos motorizados que usam cintos de segurança ou sistemas de retenção padrão para crianças para perto de 100%.

Álcool e direção

·         Meta 9: Até 2030, reduzir pela metade o número de acidentes e mortes por acidentes de trânsito relacionados a motoristas que consomem álcool e/ou reduzir os relacionados a outras substâncias psicoativas.

Celular

·         Meta 10: Até 2030, todos os países deverão possuir leis nacionais para restringir ou proibir o uso de telefones celulares durante a condução.

Direção profissional

·         Meta 11: Até 2030, todos os países deverão promulgar a regulamentação do tempo de condução e períodos de descanso para condutores profissionais e/ou aderir à regulamentação internacional / regional nesta área.

PILAR 5 – RESPOSTA PÓS-ACIDENTE

Resgate

·         Meta 12: Até 2030, todos os países deverão estabelecer e atingir as metas nacionais, a fim de minimizar o intervalo de tempo entre acidentes de trânsito e a prestação de primeiros socorros profissionais de emergência.

Tópicos:



Comentários ()