Honda transfere produção de carros de Sumaré para Itirapina

Parada há três anos, unidade começará a funcionar a partir do início de 2019


Continua depois da publicidade


A Honda anunciou que irá transferir a produção de todos os seus automóveis de Sumaré para Itirapina, ambas no interior de São Paulo. Com investimento de R$ 1 bilhão, a unidade foi construída em um terreno de 5,8 milhões de metros quadrados e está fechada desde a conclusão da construção, em abril de 2015. O motivo? A crise econômica. 

Fábrica da Honda em Itirapina (foto: Divulgação)

De acordo com a montadora, a unidade de Sumaré não será fechada, ela virará centro de produção de motores e componentes, desenvolvimento de automóveis, estratégia e gestão dos negócios do grupo Honda. A mudança ocorrerá gradativamente, a partir do início de 2019, com conclusão prevista para 2021.

Com capacidade produtiva nominal de 120 mil unidades por ano, em dois turnos, a fábrica de Itirapina iniciará as atividades com o Fit. Atualmente, a Honda produz Fit, Civic, City, HR-V e WR-V no Brasil.


Continua depois da publicidade


"Apesar de o mercado local apresentar uma recente recuperação, as perspectivas de crescimento permanecem abaixo do volume projetado anteriormente. Com base no cenário atual, será preciso fortalecer a estrutura de produção de automóveis para garantir a sustentabilidade do negócio para o futuro", afirmou a empresa em comunicado.

"A nova unidade é o resultado de um projeto mais moderno e, consequentemente, mais eficiente do ponto de vista de produtividade, com melhor flexibilidade para atender às demandas tecnológicas para atualizações em nossa linha de automóveis".




Comentários