Indústria japonesa investe R$ 32 milhões em fábrica que será inaugurada em Itu


Continua depois da publicidade


As principais montadoras automotivas de todo o mundo utilizam equipamentos produzidos pela multinacional japonesa Hi-Lex, que inaugura na tarde da próxima terça-feira (13) a segunda unidade em solo brasileiro. Localizada em Itu próxima à fábrica da Heineken, a Hi-Lex do Brasil está instalada desde agosto do ano passado numa área de 33 mil m², sendo 3500 metros de área construída.

Com previsão de ampliação para 150 funcionários até 2020, a Hi-Lex do Brasil investiu na unidade fabril R$ 32,4 milhões e prevê um faturamento de R$ 39 milhões nos próximos anos. A multinacional atualmente conta com 40 bases operacionais em 15 países somando aproximadamente 13 mil colaboradores, totalizando um faturamento mundial de US$ 2,302 bilhões (aproximadamente R$ 7,5 bilhões).

Líder global na fabricação e venda de cabos de controle mecânicos como cabos de abertura do porta-malas, capô do motor, tanque de combustível, transmissão manual e automático, freio de estacionamento e travamento de porta, a Hi-Lex também ocupa a vice-liderança na produção de levantadores de vidro.


Continua depois da publicidade


Na última segunda-feira (05), o prefeito ituano Guilherme Gazzola, juntamente com os secretários de Governo Rodrigo Tomba, de Planejamento Plínio Bernardi Jr. e o diretor municipal de Desenvolvimento Empresarial e Apoio ao Emprego Adelino Castro visitaram a nova empresa que irá operar em Itu.

As autoridades foram recepcionadas pelo diretor comercial e de compras da unidade Itu Kazutomo Nakano e o gerente de operações Marcelo Vizentim, que apresentaram a história da empresa e também realizaram um tour pelas dependências da multinacional.     “Agradecemos a visita das autoridades locais às vésperas da inauguração oficial da empresa na cidade. Esperamos nos fixar no município, que possui uma localização estratégica próximo ao aeroporto, principais rodovias e clientes ativos e potenciais”, destacou Kazutomo Nakano.

O prefeito Gazzola se colocou à disposição para auxiliar a empresa no processo de expansão nos próximos anos. “Dentro do que estiver no alcance da Prefeitura, estaremos abertos para ampliar o número de colaboradores na cidade”, comentou.

Histórico

Fundada em 1946 na cidade de Takarazuka no Japão, a Hi-Lex Corporation se especializou ao longo dos anos para atender o mercado automotivo baseado em pesquisa, criação e desenvolvimento de produtos para o segmento com tecnologias inovadoras. A Hi-Lex está globalmente representada em todos os principais mercados automotivos e produz anualmente mais de 10 milhões de cabos automotivos e levantadores de vidro para as principais montadoras do mundo.

A empresa é uma das principais líderes no mercado em aplicações de cabo para veículos recreativos, como barcos, ATV, embarcações pessoais, motocicletas e carrinhos de golfe, na área de saúde – equipamentos médicos. A multinacional também fornece os produtos para as indústrias de construção, aeronáutica e náutica.

A Hi-Lex do Brasil atende no país a Toyota, Aisin, Volkswagen, Continental, Fiat Chrysler e também a unidade Hi-Lex FCA de Betim/MG.

No cenário mundial automotivo, a multinacional também atende a Ferrari, Ford, Honda, Hyundai, Fiat Chrysler, Kia Motors, Renault, Harley-Davidson, Alfa Romeo, Audi, BMW, Volvo, Yamaha, Acura, Byd, Aston Martin e Cadillac, entre outras. Além do mercado automotivo, a Hi-Lex fornece equipamentos para maquinários de indústrias como a Caterpillar, Daikin, Daiwa Reiki, Komatsu, Lixil, Mercury, Polaris, Toto e Yanmar.




Comentários ()