VW investe R$ 30 milhões na área de ferramentaria

Três novos centros de usinagem conferem agilidade e precisão ao setor


Continua depois da publicidade


ferramentaria da VW de São Bernardo do Campo recebeu um novo investimento de R$ 30 milhões. A área está inaugurando dois centros de usinagem se prepara para a instalação de um terceiro equipamento no início de 2018. As máquinas farão a usinagem de ferramentas de estampagem para peças de grande porte.

O investimento ocorre no momento em que o setor de ferramentaria comemora 60 anos. Os novos recursos servirão para aumentar a precisão e agilidade no desenvolvimento e fabricação de ferramentas para produção de peças como laterais, portas e dispositivos para a armação de carrocerias, por exemplo. 

“Investimos na área para que ela seja cada vez mais estratégica no desenvolvimento de novos modelos no Brasil e também de projetos globais do Grupo VW”, afirma o presidente e CEO da Volkswagen América do Sul e Brasil, Pablo Di Si. 

A ferramentaria emprega 450 funcionários na unidade Anchieta. Segundo a montadora, é composta por duas grandes áreas de negócio: estampos e armação. O portfólio-base da ferramentaria na área de estampos passa pela construção de ferramentas para fabricar laterais e portas e também pela instalação das linhas de armação de carrocerias e das partes móveis de portas e tampas. 

Nos anos mais recentes o departamento produziu as principais ferramentas e dispositivos para modelos fabricados Gol, Up!, Fox, Saveiro e Golf, além do recém-lançado Polo e do Virtus, que chega às concessionárias no início de 2018. 

O setor também fabricou e exportou equipamentos ao México para produção de itens do New Beetle, Jetta, Fusca e agora do novo Tiguan Allspace, SUV que estará no País no ano que vem. Para a Argentina enviou ferramentas utilizadas na fabricação da SpaceFox e da Amarok; para a Alemanha, ferramentas para a plataforma MQB; para a Hungria, mão de obra especializada para construção de ferramentas; além da China, que recebeu equipamentos para a produção de peças da plataforma PQ35.




Comentários