Nova empresa de energia solar investe em Venâncio (RS)

Foi com o intuito de trazer algo diferente e mais moderno para Venâncio Aires (RS) que Nelice Wollmann Green, 55 anos, e mais dois sócios resolveram investir no município e abrir uma empresa do ramo de energia solar.

Nelice é venâncio-airense, mas, há seis anos, mora na Suíça. Antes disso, também chegou a morar na Inglaterra e África. A partir de janeiro do ano que vem, a empresa denominada Energia Solar Brasil iniciará as atividades. Também no mesmo mês, será implantada uma unidade em Santa Cruz do Sul.

Ela conta que a equipe há quatro anos tem estudado a produção de energia solar e o uso das tecnologias de última geração para essa finalidade. Nelice explica que, em muitos países da Europa, a energia proveniente do sol é muito comum, como na Alemanha, por exemplo, mesmo que o país seja frio e o sol não tão intenso quanto aqui. Ao levar isso em consideração, conta que se fez alguns questionamentos: 'Se lá é tão comum energia solar, porque não trazer isso para o Brasil já que aqui é muito mais quente e o sol ainda mais forte?'.

Diferencial


Continua depois da publicidade


Embora já existam empresas no país que instalem estrutura para a captação de energia do sol, Nelice ressalta que o diferencial, agora, está no fato de que foram realizadas muitas pesquisas pessoalmente em empresas do exterior que produzem o material para coleta de energia. Comenta, ainda, que a partir de janeiro do ano que vem um sócio ficará no Brasil - em Santa Cruz do Sul - enquanto ela permanecerá na Suíça e o outro sócio na Ásia, sendo que todos trabalharão em conjunto para o desenvolvimento das empresas nos dois municípios.

O interessante, na opinião de Nelice, é que como ela e o sócio estão no exterior, o que facilita a negociação com fábricas que criam a estrutura para a captação de energia e, além do mais, ainda é possível acompanhar mais de perto as constantes tecnologias que surgem na área. 'Nosso diferencial é que temos tecnologia muito avançada, que ainda não é comum aqui', observa.

Na opinião dela, apostar em energia solar impacta em uma economia muito grande, além de contribuir com o meio ambiente: 'Porque é uma energia limpa, não polui. Temos que pensar na Mãe Natureza'. Diante disso, Nelice acredita que se torna importante investir no município nessa área, até porque considera que a região e, principalmente a cidade, ainda precisam evoluir nesse segmento em comparação a outros países. 'Eu sempre vou escolher Venâncio Aires, porque sou daqui', complementa.

O valor para quem quiser instalar a estrutura para captação de energia solar varia de acordo com o consumo de energia do local. Além disso, o tamanho do espaço também interfere no preço do investimento.

Tipos de energia

1. Energia solar térmica
É uma forma de energia alternativa e, uma tecnologia, para o aproveitamento da energia solar para gerar energia térmica ou energia elétrica para uso na indústria e ou residências.

2. Coletor solar - aquecedor de água solar
É a forma mais conhecida de aproveitamento da energia solar térmica e é utilizado para aquecer água para banho em residências (os famosos aquecedores solares) e também para gerar água quente para uso industrial.

3. Energia solar heliotérmica
Esta é uma outra forma de se utilizar o calor da energia solar para gerar energia elétrica. Na maioria das vezes, utilizam-se concentradores, como espelhos, para focar a energia em um ponto específico, seja no topo de uma torre ou em um tubo a vácuo, para aquecer o líquido que há dentro e usar este líquido para gerar vapor e alimentar uma turbina elétrica a vapor. 

4. Energia solar fotovoltaica 
A energia solar pode ser diretamente convertida em energia elétrica. A energia fotovoltaica é o foco de Nelice e os sócios. Hoje, trata-se da fonte de energia limpa que mais cresce no mundo. Ela usa materiais semicondutores como o silício cristalino para converter a luz solar em energia fotovoltaica (energia solar elétrica). O sistema solar fotovoltaico é composto por painéis solares, inversor solar, sistema de fixação das placas solares, cabeamentos, conectores e outros materiais elétricos padrões.




Comentários