Librelato vai investir US$ 20 milhões até 2022

Empresa de implementos fará ampliação e melhorias em produtividade.

A fabricante de implementos rodoviários Librelato vai investir US$ 20 milhões em suas quatro fábricas até 2022. “Já em 2018 serão US$ 5 milhões na matriz atual, em Içara, onde vamos construir dois novos pavilhões industriais”, afirma o presidente da companhia, José Carlos Spricigo. 

A unidade tem como principais produtos os tanques, basculantes e implementos florestais. Os outros US$ 15 milhões para os próximos cinco anos serão utilizados em todas as unidades para melhoria em eficiência e produtividade, com aumento de automação.

As informações foram reveladas durante a Fenatran, 21º Salão Internacional do Transporte Rodoviário de Cargas. 

A empresa leva como lançamento à feira um novo tanque de aço inoxidável para 47 mil litros, destinado ao transporte de combustíveis. Por causa do menor peso ele transporta 2 mil litros a mais que implementos semelhantes. 

Este ano a companhia já havia lançado também um baú frigorífico, uma carreta graneleira mais leve e novos implementos canavieiros. 

Exportações


Continua depois da publicidade


Como outros fabricantes do setor, a Librelato também contou com a ajuda das exportações para atravessar o período atual: “Este ano, cerca de 20% de nosso faturamento virá do mercado externo”, afirma o gerente de exportação, Rafael Bett. 

Os principais destinos da Librelato são Chile e Paraguai, mas também a empresa tem clientes na Bolívia, Uruguai, Argentina, em países da América Central, Caribe e África. Os embarques e a melhora de cenário interno neste segundo semestre permitirão leve crescimento em 2017: “Esperamos uma alta de 5% sobre 2016”, afirma Spricigo. 

A Librelato tem quatro fábricas, todas em Santa Catarina: uma em Orleans, uma em Criciúma e duas em Içara, a matriz e outra menor, que será reativada em novembro. 

A cobertura de Automotive Business é patrocinada por Carcon Automotive e Automechanika Frankfurt.




Comentários