Rodada de Negócios da Intermach 2017 gera R$ 3 milhões em negócios

Valor deve ser ampliado para R$ 15 milhões nos próximos seis meses.

A 3ᵃ Rodada de Negócios do Setor Metalmecânico realizada durante a Intermach 2017, na última semana, em Joinville, consolidou R$ 3 milhões em negócios. A Messe Brasil, organizadora do evento, acredita que este valor deve ser ampliado para R$ 15 milhões nos próximos seis meses.

Segundo o diretor da Messe Brasil, Richard Spirandelli, foram engatilhados novos negócios e novas parcerias para a próxima rodada de negócios do setor em Santa Catarina, que acontece em Chapecó, na Feira e Congresso para a Indústria Metal Mecânica - EletroMetalMecânica 2018. “Oportunidade de estar diretamente com os compradores facilita as negociações. Os compradores negociam com empresas mais preparadas, facilitando assim a otimização e resultados”, diz Spirandelli.

Foram promovidas 576 reuniões de negócios entre empresários que demandam e ofertam produtos e serviços, com a participação de 154 pessoas de 22 diferentes cidades. Na mesa de negociações, participaram 13 empresas compradoras e 54 fornecedores, além da delegação de seis empresários do estado de Baden-Württemberg, um dos estados mais desenvolvidos e inovativos da Alemanha. 


Continua depois da publicidade


Durante o evento foram consolidados R$ 3 milhões em negócios. As empresas compradoras presente no evento foram: Bosch, Ciser, Altona, GTS do Brasil, Schulz, Comil Silos, Mascarello Bossa Group, ASBC Cobranças, Arcelo Mittal , Fremax, Acrílicos Santa Clara, Intelbras e Porto de Itapoá.

Marlon Franzener, diretor comercial da ZHZ teve a chance de participar pela primeira vez da rodada como empresa vendedora. “Consegui otimizar várias visitas em um único local com a participação de compradores potenciais. Foi uma oportunidade de reunir bons prospects”, destaca.

Isabelle Teixeira, supervisora de compras da Comil veio de Cascavel/PR, especialmente para contatar e conhecer potenciais fornecedores. “Nossa região não concentra um polo industrial o que dificulta acesso aos fornecedores. A rodada aproxima as empresas de excelente nível”, comenta.




Comentários