Setor eletroeletrônico abre 3 mil vagas no primeiro trimestre

Segundo a Abinee, foram criadas 224 vagas no mês março de 2017, nível abaixo do apresentado nos dois meses anteriores.

O setor eletroeletrônico abriu 2.940 vagas no primeiro trimestre de 2017, segundo dados da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), com base em informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho (Caged).

Em março, as indústrias eletroeletrônicas criaram 224 novos postos de trabalho. Embora seja o terceiro mês consecutivo que o nível de emprego do setor apresenta expansão, o resultado ficou abaixo dos meses de fevereiro (902 vagas) e janeiro (1.814 vagas).

Com o resultado, o número de empregados diretos no setor passou de 232,8 mil em dezembro de 2016 para 235,7 mil em março. Nos últimos 12 meses, entretanto, foram eliminadas 7 mil  vagas.

“Temos que comemorar, pois desde 2014, não tínhamos um desempenho positivo dentro de um trimestre. Entretanto, a perda de fôlego apresentada mês a mês acende um sinal de alerta para a sequência do ano”, afirma o presidente da Abinee, Humberto Barbato.




Comentários