Yaskawa Motoman vai à Feimafe 2017 com novo controlador de robôs

Empresa especializada em automação industrial participa com exclusividade da Feira Internacional de Máquinas-Ferramenta e leva controlador, mais veloz, capaz de operar até oito robôs ao mesmo tempo.

A Yaskawa Motoman, maior fabricante de robôs para a aplicação em indústrias no mundo, vai levar exclusivamente à Feimafe 2017 - 16ª Feira Internacional de Máquinas-Ferramenta e Sistemas Integrados de Manufatura, o mais novo controlador de robôs, o modelo YRC 1000.

No Brasil, a Yaskawa Motoman se destaca pelo fornecimento de sistemas robotizados chave-na-mão, incluindo o fornecimento de projetos e dispositivos, além de inversores de freqüência, controladores de movimentos e de servo acionamento. O público visitante interessado nas novidades em automação industrial da Yaskawa terá na Feimafe a única oportunidade de conhecer os equipamentos que estarão no setor de “Automação e Robótica”.

A Feimafe acontece entre os dias 20 a 24 de junho no Expo Center Norte, promovida pela Reed Exhibitions Alcantara Machado. Os demais setores da feira são: “Máquinas-Ferramenta”, “Metrologia e Controle de Qualidade”, “Ferramentas”, “Equipamentos Auxiliares, Acessórios e Componentes”, “Serviços” e “Soldagem”.


Continua depois da publicidade


O diretor-presidente da Yaskawa Motoman, Icaru Sakuyoshi, explica que o modelo YRC 1000 tem capacidade de controlar até oito robôs ao mesmo tempo, além de ser um equipamento mais compacto, proporciona melhor performance, entre outras coisas, por vir com um processador mais veloz. Sakuyoshi está confiante nos possíveis resultados da Feimafe. “A feira sempre foi importante para o nosso negócio, pois dá a oportunidade de estreitar o relacionamento com clientes que buscam novas tecnologias na área de automação”.

Segundo ele, a empresa oferece soluções diferentes em automação industrial adequadas à realidade específica de produção de cada um de seus clientes. “Sempre propomos aos industriais o que chamamos de ‘investimento inteligente’ uma vez que a grande maioria das indústrias nacionais está muito longe do conceito 4.0 de automação, mas que por outro lado precisam ter mais competitividade”, afirma.

Sakuyoshi cita o exemplo dos sistemas robotizados autônomos oferecidos pela Yaskawa como um dos “investimentos inteligentes”. Depois de uma avaliação das condições da linha de produção de determinada indústria, esse sistema pode ser instalado sem que haja os enormes investimentos exigidos para o padrão da indústria 4.0.

“É claro que é importante o Brasil ingressar definitivamente na chamada indústria 4.0, mas antes que isso aconteça é preciso que haja ações por parte do poder público e da própria indústria nacional, como a abertura de linhas de crédito e mesmo uma política industrial definida. Sem isso, não há condições de o parque industrial brasileiro se modernizar e ter condições de competir internacionalmente”, afirma.

A Yaskawa Motoman participa de Feimafe desde 2001, e é pioneira em desenvolvimento de novas tecnologias, com sede em Tokio, no Japão, possui 26 centros de negócios localizados ao redor do mundo. No uso da tecnologia mecatrônica a empresa vem intensificando suas atividades para a expansão em áreas como a do Meio Ambiente e Energia e de Sistemas Robóticos.




Comentários