Retrak lança carregador de baterias inovador e amplia sua linha de acessórios para frota de empilhadeiras

A Retrak Empilhadeiras, empresa que loca e vende equipamentos para a movimentação de materiais da Linde e STILL, acaba de agregar a seu portfólio o Carregador Retrak F1. Este equipamento é resultado de investimentos no desenvolvimento de produtos para suporte à frota própria de locação com foco na segurança e no aumento da produtividade.

O carregador de baterias tracionárias modelo Retrak F1 é um equipamento projetado, segundo Sérgio Guimarães, diretor técnico da Retrak e responsável pelos novos desenvolvimentos, com base em observações dos principais problemas registrados no uso de baterias tracionárias em campo. “As falhas humanas têm um caráter decisivo na segurança de operação e vida das baterias, tornando imprescindível a adoção de equipamentos automatizados que reduzam os erros do operador”

Entre os destaques do Retrak F1 que o tornam inovador estão:

  • Abastecimento de água sem intervenção humana: a bateria recebe água do carregador quando precisa e na quantidade certa.
  • Cargas de equalização automáticas: impedem o desequilíbrio entre as células. O próprio carregador determina a necessidade e aplica a carga de equalização.
  • Término da carga por dV/dt: sistema que assegura a carga adequada para baterias de marcas e idades diferentes sem intervenção do operador.
  • Desconexão sem centelha: mesmo que o operador esqueça de desligar o carregador antes de retirar a tomada, o sistema “percebe” que o operador vai desconectá-la e desliga a corrente antes que isto ocorra. Não há centelhamento que poderia provocar a ignição do hidrogênio.

O diretor executivo da Retrak, Fábio Pedrão, comenta que uma das diretrizes da empresa é investir em pesquisa e desenvolvimento para manutenção e suporte à frota de locação, atualmente com mais de 2.000 equipamentos e que por isso, foi criada uma equipe dedicada a projetos especiais que, desde 2014, vem apresentando as novidades aos seus clientes. “Precisamos inovar e, como prestadores de serviços, isso vai além de manter a frota moderna: consiste também na criação de soluções que aumentem a segurança e rapidez nas operações e reduzam custos para o cliente”, afirma, destacando que os acessórios estão disponíveis apenas para os clientes de locação de frotas, não sendo comercializados.


Continua depois da publicidade


Prata da casa

As baterias, de acordo com Sérgio Guimarães, foram o alvo inicial dos desenvolvimentos devido aos altos custos de manutenção.“O primeiro projeto que de fato concretizamos foi a Eco B, uma bateria ecológica que recebeu uma caixa com detalhes construtivos e revestimento especial para evitar a corrosão por ácido e subsequente vazamento”, destaca o executivo. “Depois focamos a troca de baterias sob dois aspectos: segurança e ergonomia. Daí nasceu o projeto do TAB. Da procura por maior segurança e economia para abastecimento de água das baterias, surgiu a UAA”.

A UAA (Unidade Autônoma de Abastecimento) facilita a operação de abastecimento de água da bateria e promove ganhos de produtividade e segurança. O cliente não precisa mais se preocupar em obter a água adequada à bateria. O equipamento tem filtro e deionizador próprios e o cliente apenas coloca água de torneira em seu reservatório; um painel indica a qualidade da água e o nível baixo do reservatório; é acoplável ao engate da bateria para enchimento simultâneo de todos os elementos e tem reservatório de água para acúmulo de até 16 litros. A UAA permite o abastecimento de todos os elementos da bateria em uma só operação de apenas 15 segundos.

O TAB (Trocador Automático de Baterias) foi desenvolvido para eliminação total do esforço e redução do tempo gasto na troca de baterias. Montado sobre uma transpaleteira elétrica, o TAB transporta facilmente a bateria entre a máquina e a estação de carga, sendo equipado com motor independente para realizar os movimentos de puxar e empurrar a bateria com controle preciso de movimentos.




Comentários