Exportações do setor eletroeletrônico reagem em agosto

Segundo a Abinee, vendas no mercado externo cresceram 1,3% na comparação com agosto de 2015 e 11,8% em relação a julho deste ano.

As exportações de produtos do setor eletroeletrônico somaram US$ 482,7 milhões no mês de agosto de 2016, 1,3% acima das ocorridas no mesmo mês do ano passado (US$ 476,4 milhões), segundo a Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee). Na comparação com julho de 2016, as vendas no mercado externo cresceram 11,8%.

Já as importações somaram US$ 2,391 bilhões, 0,1% acima das ocorridas em agosto do ano anterior (US$ 2,388 bilhões). Em relação a julho deste ano, o total importado aumentou 16,7%.

Já no acumulado de janeiro-agosto de 2016, houve queda, tanto nas exportações quanto nas importações. As vendas de produtos elétricos e eletrônicos no mercado externo somaram US$ 3,76 bilhões, 2,2% abaixo das registradas no mesmo período de 2015 (US$ 3,84 bilhões), quanto as importações totalizaram US$ 16,6 bilhões no acumulado do ano, 27,4% inferior ao do mesmo período de 2015 (US$ 22,8 bilhões).

Saldo

Com o resultado, o déficit da balança comercial dos produtos elétricos e eletrônicos  alcançou US$ 12,83 bilhões no acumulado do ano, 32% abaixo do apontado nos primeiros oito meses do ano passado (US$ 18,99 bilhões). Segundo a Abinee, o desempenho segue refletindo o baixo ritmo de atividade do setor. 




Comentários