EnerSystem investe US$ 15 milhões para ampliar produção em Guarulhos

Fabricante norte-americana de baterias para uso industrial projeta triplicar de tamanho em um período de cinco anos no Brasil.

O atual cenário de retração econômica do Brasil não assusta a fabricante norte-americana de baterias para uso industrial Enersys. Com projeções de crescimento positivas para os próximos anos, a empresa anuncia ampliação da unidade fabril da sua subsidiária no Brasil – Enersystem, em Guarulhos (SP), em um investimento total de US$ 15 milhões. A iniciativa é assessorada pela Investe São Paulo, agência de promoção de investimentos e exportações do Governo do Estado de São Paulo.

Com vistas à recuperação da economia brasileira e no consequente aumento da demanda, a companhia vai aumentar a capacidade produtiva da sua planta, comprando equipamentos e estendendo a área da unidade dos atuais 4 mil m² para 67 mil m². O investimento gerará 30 postos de trabalho ao longo de 2017 e, em até cinco anos, poderá dobrar o quadro de funcionários da empresa, que hoje conta com 150 funcionários.

“Estamos otimistas com relação ao futuro da economia brasileira. A Enersystem, particularmente, projeta crescer 60% em um ano no Brasil. Em cinco anos, acreditamos ser possível triplicar de tamanho aqui. Este investimento tem o objetivo de desenvolver uma estrutura que nos permita atender com plenitude nossos atuais clientes e a demanda que crescerá nos próximos anos. E São Paulo é o Estado que mais nos oferece condições para isso”, observou Eduardo A. Bocci, Presidente da Enersystem América do Sul.


Continua depois da publicidade


A equipe da Investe SP, que é ligada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, está assessorando o projeto principalmente em questões tributárias, de infraestrutura e meio ambiente.

“Investimentos como este da Enersystem demonstram que São Paulo é um estado em desenvolvimento contínuo, que continua atraindo empresas e dando condições para que aquelas que já estão aqui instaladas se sintam confiantes em ampliar suas operações. Somos o maior polo econômico e industrial do Hemisfério Sul e possuímos a melhor rede de infraestrutura do País, estabilidade institucional e localização estratégica. Tenho certeza de que a empresa encontrará aqui todos os fatores necessários para o sucesso deste projeto”, afirmou Juan Quirós, presidente da Investe São Paulo.

“São Paulo continua atraindo investimentos por conta de seu potencial, que é fruto de uma governança estável e focada na geração de empregos e na permanente qualificação da sua população”, apontou Márcio França, vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação.

A previsão de inauguração da planta após a ampliação é março de 2017.




Comentários ()