Produção de aço acumula alta de 8,4% no primeiro semestre de 2007

Fonte: Valor Online - 20/07/07

Em todo o mundo a produção siderúrgica manteve um ritmo acelerado no primeiro semestre, graças à expansão econômica e ao alto consumo global. De acordo com informações divulgadas pelo International Iron and Steel Institute (IISI), no primeiro semestre deste ano foram produzidas 651,6 milhões de toneladas de aço bruto, um aumento de 8,4% em comparação com o mesmo período em 2006. 

De acordo com relatório do analista Rodrigo Ferraz, do Banco Brascan, a taxa de crescimento da produção vem se mantendo num patamar bem mais elevado que as projeções do IISI, que estimava crescimento de 5,9%. O principal fator de crescimento é a Ásia, responsável por mais de 50% de todo o aço produzido no mundo (cerca de 355 milhões). 

Mesmo com as medidas tomadas pelo governo para desacelerar a produção, a China permanece como o principal fornecedor de aço mundial, respondendo por 237,1 milhões de toneladas, 17,8% superior em comparação aos seis primeiros meses do ano anterior e correspondendo a mais de um terço de toda a produção mundial. Mantido esse ritmo, até o fim do ano o país deverá beirar as 500 milhões de toneladas de aço bruto. 

Só no mês de junho, segundo o instituto, a produção mundial alcançou 110,6 milhões de toneladas, um crescimento de 5,7% se comparado com o mesmo mês do ano passado. A produção chinesa foi de 41,5 milhões de toneladas, 13,3% superior ao ano passado, mas ligeiramente menor ante maio. De acordo com Ferraz, as medidas de contenção da produção (que incluíram o aumento dos impostos de exportação) só agora começam a surtir efeito. Resta saber, segundo ele, se esse movimento se converterá em tendência consistente. 

O Brasil registrou produção de 2,73 milhões de toneladas, uma alta de 14,8% em comparação ao ano passado. No acumulado de janeiro a junho foram produzidas 16,3 milhões de toneladas, 12,8% superior a 2006, por conta da plena produção da Cia. Siderúrgica Nacional (CSN). 

A Europa continua sendo a segunda maior fabricante de aço do planeta, com 17,8 milhões de toneladas no mês de junho (redução de 0,2%) e 108 milhões de toneladas até junho, alta de 2,7%. Rússia, Ucrânia e demais países da região produziram 62 milhões de toneladas no semestre. 

Tópicos:



Comentários