Soluções e inovações tecnológicas de hidrometalurgia da White Martins ampliam produtividade de mineradoras

As inovações da White Martins para hidrometalurgia de minérios ferrosos e não ferrosos, por meio das aplicações de gás carbônico (CO2), oxigênio (O2) e nitrogênio (N2), podem elevar produtividade de mineradoras em até 30% e viabilizar soluções ambientais.

A tecnologia White Martins, que é desenvolvida e pesquisada no Brasil, consiste em dissolver estes gases de processo na água da polpa dos minérios para controlar reatividade e solubilidade de minerais com variação de seus pHs.

Proporciona aumento produtivo com melhor viabilidade ambiental e econômica de jazidas para comercialização com as cadeias metalúrgicas de produção.

Indústrias metalúrgicas de metais - como minério de ferro, zinco, aluminio, cobre, celulose, fosforo, níquel e ouro - são exemplos de processos produtivos com aplicacão da tecnlogia de gases da White Martins.

Esta rota de processo reduz a utilização de produtos químicos de maior agressividade nas operações indústrias. Em alguns casos, por exemplo, retira-se até 100% de ácidos, que é ecologicamente danoso e proporciona gastos elevados com manuseio, estocagem e descarte.


Continua depois da publicidade


“Desta forma, conseguimos diminuir custos e promovemos uma produção ambientalmente correta. Mais de 100 milhões de toneladas de minérios já foram beneficiados em diferentes sites do país com esta técnica da companhia até 2015”, comenta William Macedo, gerente de Tecnologia e Desenvolvimento de Negócios da White Martins.

O executivo ainda acrescenta que, em média, a tecnologia da empresa reduz em até 25% os insumos aplicados nestes processos produtivos, potencializa ganhos de recuperação na qualidade dos minérios de até 3% e diminui em até 25% o volume de rejeitos depositados na natureza e o consumo de recursos naturais como água de operação.

As ações ocorrem on-site: após a britagem e moagem, a primeira aplicação dos gases de processo ocorrem durante o estágio de deslamagem; a segunda etapa acontece nos estágios de flotação e espessadores (separação dos sólidos de líquidos); a terceira fase ocorre no sistema de filtragem de sólidos e conclusão da produção com a disponibilidade do minério para o mercado.

“Além de segurança técnica e ambiental, garantimos toda logística e suprimento de instalações e gases industriais; otimização de resultados com instalações automáticas e gestão remota; tecnologia de injeção e solubilização de gases – por meio de ejetores e sprays - em soluções de minérios; contínua operação industrial com menor manutenção; e elementos de instalações com maior vida útil industrial”, conclui William Macedo.

A White Martins estuda ainda a transferência desta tecnologia para aplicação em potenciais clientes globais da empresa.




Comentários