Veículo híbrido é uma mistura de dirigível, avião e caminhão

Veículo alcança a velocidade máxima aproximada de 100 km/h e pode carregar até 20 toneladas

Uma mistura entre helicóptero, avião, dirigível, navio e caminhões de alta capacidade. Essa é a fórmula de criação do Hybrid Airship, uma criação da empresa Lockheed Martin para solucionar a entrega de materiais, suprimentos – e até mesmo pessoas – para áreas remotas e que não possuem estradas ou pistas de pouso por perto.

O Hybrid Airship é o fruto de mais de 20 anos de estudo de uma das empresas mais conhecidas no ramo tecnológico de aviação. Esse veículo, que lembra muito uma fusão de três dirigíveis, traz a performance e a segurança como principais destaques, além dos vantagens econômicas que o transporte de pessoas e materiais pode oferecer.

"O Hybrid Airship oferece a simplicidade de um caminhão ao transportar cargas e pessoas de áreas remotas diariamente, não apenas em certas ocasiões ou em largas estradas, trilhos ou aeroportos", lê-se no site da Lockheed Martin, que dá uma descrição precisa acerca do objetivo principal desse veículo.



Como o formato acaba denunciando, um dos principais "combustíveis" do Hybrid Airship é o ar quente que eleva toda a estrutura. Depois que estiver levitando, turbinas e hélices ajudam a movimentar o gigantesco veículo, que é capaz de até mesmo girar em torno do próprio eixo, fazendo um 360° no lugar em que está.

Esse é um dos maiores diferenciais do Hybrid Airship, permitindo que ele manobre em áreas acidentadas e realize pousos em lugares bastante remotos. De acordo com a Lockheed Martin, esse grande dirigível pode até mesmo estaciona na água, aumentando ainda mais a versatilidade e possibilidade de atuação.


Continua depois da publicidade


Em sua versão atual, o Hybrid Airship é capaz de carregar até 20 toneladas de suprimentos, máquinas e outros itens necessários para determinada área. Além disso, uma cabine leva, além de dois pilotos, mais 19 passageiros para um passeio tranquilo. Propositalmente, esse gigantesco veículo alcança a velocidade máxima aproximada de 100 km/h, permitindo a realização de manobras com precisão para diversas situações.

Não vai demorar muito para que as pessoas tenham a oportunidade de ver modelos do Hybrid Airship voando pelos céus. Nos últimos anos, a equipe da Lockheed Martin tem conseguido a aprovação do órgão regulador dos Estados Unidos para criar uma nova classe de espaçonave, legalizando o voo desse tipo de veículo em território americano.

Por enquanto, voos através do Hybrid Airship só são permitidos de forma particular e são comercializados através do programa Hybrid Enterprises, um serviço exclusivo da Lockheed Martin para os entusiastas e investidores de plantão. De acordo com a companhia, a previsão é de que esse gigantescos veículos estejam disponíveis para voos comerciais a partir de 2018.

Tópicos:



Comentários