Stratasys mostra tecnologias 3D na Feimec 2016

No estande da revenda autorizada SKA, a empresa mostrará como suas tecnologias de manufatura aditiva (impressão 3D) podem transformar a produção nas fábricas do futuro

A Stratasys, empresa de soluções de impressão 3D e manufatura aditiva, participa da Feimec – Feira Internacional de Máquinas e Equipamentos 2016, em conjunto com a SKA, sua revenda autorizada, especialista em tecnologia para o desenvolvimento de produtos, a fim de mostrar ao mercado o potencial de suas tecnologias 3D para transformar a produção e viabilizar a indústria do futuro.

No evento, que será realizado de 3 a 7 de maio, no SP Expo Exhibition & Convention Center, a Stratasys destacará as impressoras 3D: a Fortus 400MC e a Object260 Connex3, além de apresentar ao segmento industrial sua nova impressora J750.

“Nós queremos mostrar aos gestores da indústria a diversidade de equipamentos de manufatura 3D que oferecemos, destacando as diferentes tecnologias e benefícios para obter maior produtividade, eficácia nos processos produtivos, melhor aproveitamento de recursos e economia de tempo e de custos”, ressalta Paulo Farias, diretor geral da Stratasys no Brasil.

Com este objetivo, os visitantes que forem ao estande da SKA, na Rua D, estande nº 186, poderão conhecer todo o portfólio e ver em funcionamento dois dos principais modelos de impressoras 3D da Stratasys, cada uma com uma das tecnologias - FDM e PolyJet utilizadas por indústrias em todo o mundo.

“A intenção é permitir que sejam constatados os diferenciais das soluções da Stratasys, que já são usadas para as mais variadas aplicações, pelas mais diversas indústrias em todo o mundo”, explica Vagner Cornelius, diretor da SKA.

Hoje, as impressoras 3D - como são conhecidos popularmente os equipamentos de manufatura aditiva - são utilizadas pelas indústrias principalmente para a prototipagem conceitual e funcional de uma ampla gama de produtos; para simulação de mecanismos industriais - montagem, verificação de cumprimento de funções, em escala reduzida ou real, que podem ser submetidos a testes de temperatura, resistência à água e a produtos químicos; além de manufatura aditiva de dispositivos, gabaritos e ferramentas para uso final no chão de fábrica, entre outras aplicações.


Continua depois da publicidade


“A diversidade de uso das tecnologias 3D se amplia dia a dia, pois, ao conhecermos as necessidades específicas de cada empresa, se multiplicam as aplicações, sempre com ganhos práticos em termos de inovação, praticidade de desenvolvimento e produção e otimização de recursos. Há redução considerável de tempo para manufatura e realização de testes, o que agiliza a usabilidade e a colocação de novos produtos no mercado”, afirma Farias.

Impressoras 3D em exposição

Stratasys Fortus 400 MC – É uma impressora 3D profissional com tecnologia FDM (Fused Deposition Modeling), utilizada para produzir modelos conceituais, protótipos funcionais e peças para uso final em termoplásticos-padrão, de alto desempenho, inigualáveis em termos de resistência mecânica, térmica e química. Seus principais benefícios são usar materiais avançados como ABS, Nylon 12, Plicarbonato e até ULTEM, velocidade e eficiência de produção; flexibilidade e controle total de parâmetros; facilidade de instalação, operação e sustentabilidade, já que não exige ventilação especial e não produzem gases tóxicos, produtos químicos ou resíduos com a maioria dos materiais.

Objet260 Connex3 – Esta impressora 3D profissional é ideal para prototipagem de produtos em desenvolvimento, pois imprime em cores e em materiais diversos, permitindo a produção de modelos com a mesma textura e aparência do produto final, em um único ciclo de impressão. Seu grande diferencial é utilizar a tecnologia Polyjet, cuja impressão é feita em camadas aditivas tão finas quanto 16 microns (0,0006 "), o que a torna uma excelente opção para os modelos de apresentação e matrizes. Além disso, seu fluxo de trabalho é simples, é fácil de instalar e de manusear, utilizando como base arquivos CAD originais ou elementos gráficos adicionados direitamente no Adobe Photoshop. Seu software recomenda a correspondência de cor mais próximo e fornece visualizações realistas para eliminar as conjecturas e propiciar qualidade em detalhes, com alta produtividade, qualidade e redução de custos

Nova impressora Stratasys

No evento, a SKA aproveitará a oportunidade para apresentar ao mercado industrial a Stratasys J750, com o detalhamento de informações sobre o lançamento, que ainda não chegou ao Brasil, mas permitirá aos clientes escolher entre mais de 360.000 tonalidades de cores diferentes, além de contar com uma múltipla variedade de materiais – dos rígidos aos flexíveis, de opacos aos transparentes, possibilitando a impressão 3D em uma vasta gama de cores, materiais e propriedades em uma mesma peça. Com isto, torna mais rápida e qualitativa a produção de modelos, protótipos e peças realistas para praticamente qualquer necessidade de aplicação, com uma versatilidade incomparável. Outro beneficio da nova solução da Stratasys é que sua versatilidade e capacidade produtiva aceleram e melhoram de modo considerável o Custo Total de Propriedade (CTO), por eliminar muitos processos tradicionais complexos, desperdícios de tempo e de recursos.

Tópicos:



Comentários