Ford de Camaçari terá 2 mil em layoff em março

Trabalhadores fazem parte do terceiro turno, que será encerrado.

Cerca de 2 mil trabalhadores da Ford de Camaçari (BA) entrarão em layoff no dia 14 de março. A suspensão temporária dos contratos de trabalho foi aprovada em assembleia dos metalúrgicos no início do mês como forma de impedir a demissão em massa dos funcionários do terceiro turno da unidade baiana. 

Como ocorre em regra num layoff, os metalúrgicos ficarão afastados por cinco meses, período em que vão receber cursos de atualização profissional. O complexo Ford tem cerca de 9 mil colaboradores e a retração nas vendas também obrigou a companhia a dar férias coletivas para toda a unidade durante o mês de fevereiro. 

A fábrica baiana produz a linha Ka, motores 1.0 de três cilindros e também o EcoSport, cujas vendas em 2015 recuaram 37,6% em relação ao ano anterior por causa do recuo do mercado e também pelo aumento da concorrência, que tirou dele a liderança entre os utilitários esportivos. O Ford terminou o ano passado na quarta posição, atrás de Honda HR-V, Jeep Renegade e Renault Duster.

Tópicos:



Comentários