Maior indústria de máquinas pesadas da China estuda negócios no Acre

Comitiva da montadora XCMG esteve com o governador Tião Viana estreitando relações diplomáticas.

O governador Tião Viana recebeu na tarde desta quinta-feira (11) representantes da indústria estatal de máquinas pesadas da China, XCMG. A comitiva da empresa foi formada pelo presidente mundial da montadora, Yansong Wang, e o presidente da indústria no Brasil, Jinshing Cui, que vieram ao Acre para conhecer as potencialidades da região, além de demonstrar interesse em instalações próprias no Estado para poderem negociar com o mercado andino.

A XCMG é uma empresa estatal, a maior fabricante de máquinas para construção civil da China e a quinta no mundo. A empresa conta com mais de 35 mil funcionários, distribuídos em 22 fábricas em sua cidade sede, Xuzhou, além de outras instalações em Shanghai e Beijing, também na China. Possui uma montadora em Pouso Alegre (MG), num investimento de 500 milhões de dólares.

“Vivemos um momento em que podemos transformar o Acre num portal para o Pacífico. Por 500 anos o Oceano Atlântico foi nossa maior rota comercial, mas nos próximos séculos será o Pacífico”, disse o governador Tião Viana ao apresentar as potencialidades do Estado. Ele também falou que esteve recentemente no Peru – em viagem por terra – e encontrou a Rodovia Interoceânica em perfeitas condições. Segundo o governador, utilizando-a em vez do Canal do Panamá, pode-se economizar até 14 dias para a China.

O presidente mundial da XCMG, Yansong Wang, conta que sua visita também tem um caráter diplomático entre o Acre e a China. Ele conheceu de perto empreendimentos do Estado voltados à área de alimentos, madeira, criação de animais e plantio, e convidou o governador para uma visita à China.

Wang destacou ainda que tentará agendar uma nova visita do embaixador chinês ao Acre e ressaltou a importância do projeto da Ferrovia Interoceânica, que tem parceria entre Brasil e China.

“O Acre é um estado estratégico para alcançar os países andinos. A XCMG tem estabelecido um fundo de investimentos de R$ 30 milhões para o Brasil. E até maio deste ano finalizaremos o projeto da ferrovia, e esperamos que o governo do Brasil dê prioridade”, explicou Yansong Wang.


Continua depois da publicidade


Tião Viana também relatou as vantagens da instalação de uma indústria da XCMG na Zona de Processamento de Exportação (ZPE) acreana, e o presidente Wang prometeu um estudo de viabilidade. O deputado federal Leo de Brito acompanhou a reunião e garantiu apoio nos interesses da indústria no Acre.




Comentários