Venda da Petroflex é negada, apesar do avanço das negociações

Fonte: Último Segundo - 13/07/07

A Suzano Petroquímica divulgou uma nota há pouco para negar que esteja concluída a venda da Petroflex, empresa em que possui participação junto com a Braskem e a Unipar. Embora os controladores da companhia tenham confirmado que as negociações com potenciais compradores tenham evoluído "significativamente" desde maio deste ano, não foi fechado nenhum negócio por enquanto
A Petroflex esclarece que seus acionistas controladores deram seguimento na análise das referidas propostas e evoluíram significativamente nas respectivas negociações com os potenciais compradores. Entretanto, até o presente momento, não chegaram a uma definição sobre os termos e condições finais de eventual operação. A Companhia informará imediatamente ao mercado sobre o desenrolar dos fatos aqui expostos.

Do capital total da Petroflex, a Suzano Petroquímica e Braskem tem cada uma 20,1%, enquanto a Unipar controla 10,06%. Das ações ordinárias, Suzano tem 20,14%, Braskem 20,14% e Unipar 10,07%. A Petroflex obteve, no ano passado, lucro líquido de R$ 22,98 milhões, o que representou uma queda de 73,8% em relação a 2005.
Tópicos:



Comentários