Trabalhos e projetos voltados para a cidadania e o bem-estar social


Continua depois da publicidade


A escola e a universidade são centros responsáveis não só por gerar educação, conhecimento e responsabilidade, mas também por promover o desenvolvimento cidadão de seus alunos.

Nos anos iniciais da vida escolar a prática do ensino cidadão já é essencial para o crescimento e aprendizado dos alunos e, ao longo dos anos, o ensino como uma ferramenta transformadora é cada vez mais presente na vida de alunos e professores.

Em universidades, por exemplo, a gama de pessoas de lugares diferentes, culturas e costumes diferentes é gigantesca, sobretudo em universidades públicas.

Mas como desenvolver metodologias e projetos que possam fomentar esse caráter da educação? Como fazer uma introdução de trabalho escolar ou TCC neste tema, com objetivo de fomentar a cidadania?

Hoje iremos ver juntos alguns projetos acadêmicos, iniciativas e campanhas de escolas e universidades que ajudam a fomentar o ensino cidadão e o respeito na sociedade.

Projeto Jovens Construindo a Cidadania

O primeiro projeto que iremos analisar busca fazer a diferença na vida de jovens alunos e da comunidade onde está instalada.

Idealizado por alunos e pesquisadores da UNESP de Tupã, o projeto Jovens Construindo a Cidadania busca estabelecer parcerias entre escolas e a polícia, visando desenvolverem um trabalho em conjunto e também tirando jovens do crime, oferecendo uma maneira dos jovens se tornarem parte da solução de problemas reais.

De acordo com os autores do projeto, ele foi idealizado com inspiração em um projeto estadunidense da mesma natureza, chamado Youth Crime Watch of America, onde o objetivo era promover a segurança pública nas escolas.

Ainda, os objetivos do projeto Youth Crime Watch of America e, consequentemente, do projeto Jovens Construindo a Cidadania são:

  1. Oportunidade de participação em solução de problemas reais
  2. Ajudar pessoas mais jovens a valorizarem seus talentos
  3. Proporcionar liderança e organização para jovens marginalizados
  4. Evidenciar a importância da união para resolver problemas complexos

Atualmente, na cidade de Tupã, o projeto conta com a parceria de escolas estaduais e da secretaria de polícia militar para atuação conjunta.

Projeto Ser Cidadão 

O segundo projeto social que será trazido hoje é o projeto Ser Cidadão, realizado na cidade de Maringá e é promovido pelo sistema FIEP em parceria com escolas do ensino fundamental.


Continua depois da publicidade


De acordo com os autores do projeto, a ideia do Projeto Ser Cidadão é a de integrar e trazer conhecimentos voltados para o desenvolvimento cidadão e social destes alunos.

No projeto são abordados temas como:

  1. Cartilhas para prevenção ao uso de drogas
  2. Cartilhas para prevenção a violência
  3. Cartilhas para os direitos e deveres da criança e do adolescente
  4. Cartilhas para prevenção ao bullying
  5. Cartilhas de direito da família
  6. Cartilha dos direitos da pessoa idosa
  7. Cartilhas para a defesa do consumidor
  8. Cartilhas de direitos políticos

Todos estes pontos são essenciais para o desenvolvimento de uma sociedade saudável e para a formação de novos cidadãos e participantes ativos no bem-estar social.

Ainda, segundo os autores do projeto,  a cidadania é algo que se estende pela vida das pessoas, surgindo em casa e sendo exercitada ao longo da vida.

Ou seja, nos níveis iniciais de ensino e estágios iniciais da infância e adolescência, a discussão sobre cidadania, respeito e educação é essencial para a manutenção de uma sociedade igualitária.

Projeto Cidadão Mirim

Por fim, o último projeto social que é desenvolvido visando aplicar o ensino cidadão e uma visão de mundo crítica e respeitosa é o projeto Cidadão Mirim.

Este projeto, de acordo com os autores, pretendeu integrar conhecimentos curriculares previstos para a primeira série, ou seja, o segundo ano do ensino fundamental a estudos sociais do bairro e da comunidade local.

O projeto foi iniciado através de uma pesquisa realizada em sua casa pelos alunos do segundo ano, com perguntas como ‘’Qual sua idade’’ e ‘’Há quantos anos você mora no bairro’’ visando identificar o perfil social de sua localidade.

Este projeto foi capaz de, ao longo do tempo, identificar vários problemas sociais em seu bairro, tais como:

  1. Escassez de creches
  2. Falta de espaços destinados ao lazer e a cultura
  3. Rede e sistema de esgoto inadequado
  4. Perturbação do silêncio
  5. Animais abandonados
  6. Iluminação pública deficiente
  7. Problemas com o lixo
  8. Falta de segurança

Através deste último exemplo, é possível ver claramente que os projetos sociais e cidadãos desenvolvidos nas escolas são capazes, sim, de resolver problemas reais enfrentados pela sociedade diariamente.

Logo, é essencial que estes projetos sejam desenvolvidos ao redor do país, visando buscar soluções para os mais variados problemas sociais.

Tópicos:



Comentários