ArcelorMittal amplia lucro no 2º trimestre, a US$ 179 milhões

A receita, por outro lado, caiu 18% na mesma comparação, a US$ 16,9 bilhões, devido a uma forte queda nos preços do minério de ferro e a um recuo nos preços do aço.

A ArcelorMittal, maior grupo siderúrgico do mundo, anunciou nesta sexta-feira (31) que teve lucro líquido de US$ 179 milhões no segundo trimestre deste ano, bem maior que o ganho de US$ 52 milhões verificado em igual período de 2014, graças à diminuição de despesas cambiais.

O número superou de longe a expectativa de quatro analistas consultados pela FactSet, que previam lucro de US$ 30 milhões.

Por volta das 4h55 (de Brasília), as ações da ArcelorMittal subiam 2,3% na Bolsa de Paris. A receita, por outro lado, caiu 18% na mesma comparação, a US$ 16,9 bilhões, devido a uma forte queda nos preços do minério de ferro e a um recuo nos preços do aço, consequência da concorrência maior das exportações de aço da Rússia e China, segundo a empresa.

A ArcelorMittal também reafirmou planos de gerar Ebitda de US$ 6 bilhões a US$ 7 bilhões este ano. No trimestre anterior, a empresa havia revisado sua projeção, de uma faixa de US$ 6,5 bilhões a US$ 7 bilhões, em parte por causa dos preços fracos do minério de ferro.




Comentários