Fusão vai criar nova gigante do etanol

Fonte: Portal G1 - 06/07/07

As companhias Vale do Rosário e Santa Elisa, duas tradicionais produtoras de açúcar e álcool do Brasil, vão oficializar em dez dias a fusão que criará a segunda maior empresa do setor no país.

 A criação da nova companhia, que terá capacidade total para processar 18 milhões de toneladas, é parte de um movimento estratégico que promete mudar a indústria sucroalcooleira nos próximos anos.

As usinas independentes, com instalações para 1 milhão ou 2 milhões de toneladas, estão com os dias contados. As usinas do futuro vão processar cada uma de 3 a 4 milhões de toneladas por safra.

 “O importante é ter escala. As empresas precisam ter grande capacidade de processamento de cana. Podem com isso ter mais eficiência na organização da logística e da comercialização”, diz Tarcilo Ricardo Rodrigues, diretor-geral da Bioagência.

A fusão depende de questões formais. Na prática, elas já vem atuando juntas. Desde abril, quando as cinco usinas iniciaram a safra 2007/2008, a estrutura de operação foi redistribuída.

 “A operação nesta safra já é conjunta”, afirma Cícero Junqueira Franco, sócio da Vale do Rosário. Segundo ele, com a fusão concluída, a nova empresa abrirá o capital. As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo".



Comentários